O refinanciamento de veículos vale a pena?

Veja para que tipo de pessoa e quando o refinanciamento de veículos vale a pena.

O refinanciamento de veículos vale a pena para quem tem dívidas acumuladas e precisa quitá-las para se livrar dos juros altos, ou para quem financiou um carro com prestações muito altas e já não consegue pagar as parcelas em dia. Tecnicamente, o refinanciamento de veículos, ou empréstimo consignado, é um empréstimo concedido a uma pessoa por uma instituição financeira, que recebe o veículo como garantia de pagamento. No entanto, o veículo continua na posse de quem pegou o empréstimo, mas fica alienado em nome da instituição financeira credora.

Para quem o refinanciamento de veículos vale a pena

O refinanciamento de veículos é especialmente indicado para quem financiou um carro com uma taxa de juros elevada e que, por isso, tem prestações muito altas, comprometendo o orçamento doméstico e às vezes até gerando a inadimplência.

Refinanciamento de veículo: o que é preciso saber para contratar

Se você tem prestações atrasadas, o refinanciamento de veículos também é uma oportunidade de renegociação da dívida para tentar reequilibrar o seu orçamento doméstico. Mas antes de fazer um refinanciamento, é preciso ter já as contas muito bem feitas e saber de quanto você poderá dispor, mensalmente, para o pagamento das parcelas para não cair novamente na inadimplência.

No geral, ao fazer um refinanciamento de veículos, você consegue taxas mais baixas e reduz o valor das parcelas, ainda que se prolongue o tempo de pagamento para quitar o carro. Mas isso lhe dará fôlego para reequilibrar as finanças sem ficar pressionado pelos juros altos das parcelas atrasadas.

Outra situação em que o refinanciamento de veículos vale a pena, é quando o carro já está quitado e a pessoa necessita de dinheiro para pagar dívidas diversas que estão acumuladas. Neste caso, você consegue um empréstimo com taxas de juros mais baixas, no valor integral ou parcial do seu veículo, de acordo com o valor que necessita para quitar as dívidas. Assim, você se livra dos juros das demais dívidas e fica apenas com um parcelamento.

O refinanciamento de veículos vale a pena porque é a forma de empréstimo com juros mais baixos, justamente porque é um empréstimo pessoal com garantia de bem. Fazendo um refinanciamento de veículos você consegue pagar dívidas e fica a ganhar com um empréstimo com juros mais baixos.

Dicas para fazer um refinanciamento de veículos valer a pena

1. Caso você fazer o refinanciamento de um veículo ainda não quitado, tente negociar primeiro no próprio banco onde fez o financiamento.

2. Consulte o valor de mercado do seu carro na tabela da FIPE, assim saberá exatamente com quanto poderá contar e poderá fazer uma simulação para saber o valor das parcelas que terá condições de pagar e, consequentemente, se o refinanciamento de veículos vale a pena.

O que saber antes de fazer o refinanciamento de veículos

Antes de recorrer ao financiamento de veículo, você deve fazer uma análise das suas contas atuais para saber se conseguirá honrar o pagamento das parcelas dessa dívida. Afinal de contas, não é um bom negócio adquirir uma dívida que você não conseguirá pagar e correr o risco de perder o seu veículo.

Reúna todos os comprovantes das suas dívidas, verifique os valores e os prazos de pagamento, organize-os e analise se conseguirá pagá-los normalmente, mesmo com as parcelas do refinanciamento. Ter um controle financeiro é fundamental para conseguir pagar o empréstimo do refinanciamento em dia. Por isso, evite adquirir novas despesas até quitá-lo e não atrase as suas outras contas, pois isso pode gerar juros altos e complicar a sua situação financeira.

Em suma, é importante ressaltar que o refinanciamento de veículos deve ser a sua última opção para quitar o seu financiamento. Apenas opte por essa modalidade se estiver endividado e se não tiver a alternativa de reduzir os seus custos domésticos para economizar e arcar com o financiamento.  
 

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...