Onde e quando conseguir um trabalho temporário?

Vagas de trabalho temporário surgem principalmente em épocas de maior movimento. Segmentos de vestuário e alimentação são os que mais contratam pessoal extra.

Algumas empresas recorrem ao trabalho temporário para suprir a necessidade de funcionários extras em épocas específicas ou para substituir colaboradores provisoriamente. Em épocas comemorativas, como Natal, Páscoa ou dia das mães é quando há mais necessidade de contratar funcionários temporários.

Como o próprio nome indica, o trabalho temporário tem tempo determinado. Normalmente, o máximo que um contrato desse tipo pode durar são três meses. No entanto, o Ministério do Trabalho pode autorizar períodos maiores. De acordo com a Confederação Internacional de Trabalho Temporário, o Brasil é um dos países que aparece no topo do ranking mundial de emprego temporário.

Quando e onde estão as vagas de trabalho temporário?

Os segmentos que mais contratam funcionários extras em épocas específicas são os de vestuário, eletrodomésticos e alimentação. A boa notícia é que, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio, a cada oito funcionários contratados em regime temporário, um acaba sendo efetivado.

No Natal e na Páscoa, por exemplo, os comerciantes costumam reforçar a equipe para dar conta do grande movimento característico da época de festas. Além de dar uma volta nos shoppings da cidade procurando lojas que estão contratando, vale a pena também ir ao Centro de Atendimento ao Trabalhador da sua cidade e visitar sites como o Catho, Curriculum.comInfojobs.

Em Julho também surgem muitas oportunidades de trabalho temporário, já que muitos funcionários vão de férias e há necessidade de substitui-los provisioriamente. Essa é uma boa oportunidade para jovens que estão em férias escolares ganharem algum dinheiro extra.

Fique atento também aos anúncios de vagas temporárias no setor das obras, pois muitas empreiteiras contratam trabalhadores extras no início de obras. O Sine costuma anunciar muitas vagas nessa área.

Direitos do funcionário temporário

  • Registro de temporário na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)
  • Salário compatível com a função exercida: isso quer dizer que se as tarefas do temporário forem iguais às do trabalhador fixo, o salário também deverá ser igual.
  • Jornada máxima de trabalho de 8 horas por dia, com acréscimo de 50% por cada hora extra.
  • Assim como o funcionário fixo, o temporário tem direito a receber adicional noturno.
  • O funcionário temporário também tem direito a férias proporcionais, FGTS, recolhimento do INSS, descanso semanal, vale-transporte e 13º proporcional.
  • Seguro contra acidente e indenização por rescisão antecipada.
  • O trabalho temporário não dá direito a aviso prévio em caso de despedimento antes do fim do contrato. Além disso, o funcionário temporário não tem direito ao seguro-desemprego nem à multa de 40% sobreo valor do FGTS.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...