Trabalhar no Japão vale a pena?

No geral, morar no Japão é viver num país que oferece qualidade de vida e possibilidade de juntar dinheiro. Por isso, para muitos trabalhar no Japão vale a pena. 

Já pensou em trabalhar no Japão? Para atravessar o planeta em busca de oportunidades de trabalho é preciso ter muita coragem e também é preciso valer a pena. Mas se o seu intuito é juntar dinheiro e viver uma experiência totalmente diferente na vida, o Japão pode ser o seu lugar.

Trabalho no Japão

O Japão é um dos países mais rígidos em questão de permanência de estrangeiros. Para que seja possível residir e trabalhar no Japão, primeiramente será preciso conseguir o visto de trabalho. As áreas de atuação com maiores oportunidades para estrangeiros trabalharem no Japão são: fábricas automotivas, eletrônicos, alimentício, gráficas, plásticos e vidros.

Salário mínimo no Japão

A maior parte dos estrangeiros que vão para trabalhar estão em linha de produção e o salário mínimo no Japão varia de 618 ienes a 739 ienes por hora. Logo o salário anual é de aproximadamente $11.027,00 – cerca de R$ 31 mil, ou R$ 2,5 mil por mês. A carga de trabalho é longa, são 12h de trabalho sem contar as horas extras, sendo 1h de descanso que geralmente é divido em 3 tempos para descanso e refeição.

Alguns brasileiros que vivem no país relatam que ter uma vida social é bem complicada, já que passam a maior parte do seu dia trabalhando. Para obter informações e procurar vagas de emprego consulte os sites a baixo:

Como trabalhar no Japão

Se você quer ir trabalhar no Japão, seja por transferência de funcionários de companhia estrangeira (Intra – company Transferee), realização de investigação em instituições acadêmicas japonesas (Researcher) ou prestação de serviços a empresas japonesas no sentido de aproveitar os conhecimentos de estrangeiros (Skilled Labor).
Saiba mais sobre como conseguir emprego no Japão

Visto de trabalho no Japão:

  • Passaporte válido
  • Formulário de solicitação de visto (original)
  • Um formulário de pedido de visto preenchido e assinado
  • Assinado conforme o passaporte
  • RG do responsável acima (cópia simples)
  • Uma Fotografia 3×4, tirada há no máximo 6 meses
  • Carteira de indentidade RG ou RNE ( cópia simples)
  • Certificado de Elegibilidade (original e cópia simples)

Para mais informações sobre trabalho no Japão e os documentos necessários para o visto, consulte o site do Consulado Geral do Japão em São Paulo.

 

Custo de vida no Japão

O custo de vida no Japão é relativamente barato perto do que se ganha ao trabalhar no Japão para viver, por isso muitos brasileiros conseguem juntar um dinheiro significante em poucos meses de trabalho.

  • Refeição em restaurante: R$23
  • 1 dúzia de ovos grandes: R$9
  • 1kg de tomate: R$16
  • Pães para 2 pessoa por 1 dia: R$5
  • 1lt de leite: R$4

Apartamento para alugar mobiliado e equipado, em bairro caro de Tóquio custa uma média de R$5mil ao mês, serviço de internet R$85, ticket de transporte público mensal R$254. Os valores em real podem até assustar, mas lembre-se que o salário mínimo no Japão é quase 3 vezes maior que a do Brasil.

Veja os custos de visto e o salário necessário para viver bem em 8 países

Afinal, trabalhar no Japão vale a pena?

Se tem interesse em viver e trabalhar no Japão é preciso ter em mente que eles possuem hábitos e costumes completamente diferentes do Brasil, que a carga horária de trabalho é longa e que por muitas vezes os momentos de lazer serão poucos. Leve em consideração que é a chance de juntar o dinheiro que no Brasil é tão difícil de sobrar no final de cada mês. 

Por outro lado, o Japão é um dos países com o índice mais baixo de violência, melhor acesso a ótimos hospitais, boa alimentação, educação de qualidade e muitos outros recursos que um país de primeiro mundo tem a oferecer, aproveite para conhecer a cultura do país e guardar dinheiro.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...