Seguro para celular: quando vale a pena contratar?

É cada vez mais comum ver operadoras oferecerem seguro para celular. Os donos querem se certificar de que não correrão o risco de ficar sem aparelho caso algo aconteça. Saiba quando vale a pena.

Quem nunca teve um smartphone roubado ou danificado por um acidente, no mínimo, conhece alguém que passou por isto. Para quem vive esta situação de perder o aparelho, com todos os contatos e vários dados pessoais, ter que investir em outro aparelho torna a experiência ainda mais desagradável, por isso as empresas oferecem o seguro para celular.

Quem tem um seguro para celular pode ser indenizado e evitar alguns aborrecimentos. A procura pelo serviço aumentou nos últimos anos, consequentemente cada vez mais empresas oferecem este serviço. Grandes players do mercado de seguros começaram a disponibilizar este serviço, como no caso da Porto Seguro, uma das maiores seguradoras do Brasil.

O grande inconveniente do seguro para celular é ser um serviço ainda muito caro. Em alguns casos, o prêmio custa mais de 50% do valor do aparelho. Assim, quem não tem grande disponibilidade financeira deve ponderar fazer ou não esse investimento. É preciso avaliar também a cobertura garantida pela seguradora.

5 dicas para escolher a operadora de celular

Como solicitar um seguro para celular

Existem algumas formas de se fazer um seguro para celular. Algumas lojas disponibilizam o serviço, junto com uma garantia estendida, isso ocorre, por exemplo, nas Lojas Americanas e no Submarino. Outra opção é via sua própria operadora, a Claro, Vivo e Tim disponibilizam este serviço, ou você pode ir em uma seguradora comum.

Praticamente todas as empresas de telefonia têm convênios com seguradoras e oferecem vantagens aos clientes, como sorteios periódicos. Nas seguradoras, independente da operadora, os planos podem oferecer até mesmo cobertura para outros danos, como visor quebrado, aparelho molhado entre outros.

O valor do seguro para celular varia de acordo com o preço pago na data da compra e o tempo de uso. Algumas seguradoras, inclusive, só oferecem essa opção para aparelhos novos, com valor acima de R$500,00.

Vale lembrar que, além das prestações, o cliente precisa pagar a franquia para ter acesso ao que tem direito quando for necessário. A indenização pode ser recebida em dinheiro ou como um novo smartphone igual ou muito parecido com o assegurado.

O mais importante no ato da contratação é ler atentamente o contrato e ter cuidado ao analisar a cobertura e condições, pois cada operadora e seguradora trabalha de um modo diferente.

Geralmente, os seguros cobrem apenas furtos qualificados, os que são considerados desleixo do cliente não dão direito à indenização. Roubos simples e outros danos podem ser remediados com planos adicionais. Tenha em conta também o valor da franquia e se ela é viável.

Como usar o celular no exterior sem gastar uma fortuna

Vale a pena fazer um seguro para celular?

O valor do seguro para celular aparece como impeditivo para os consumidores adquirirem este tipo de serviço. Muitas pessoas compram seus celulares na prestação, principalmente os de alto valor, assim adicionar a soma da prestação o valor do seguro pode ser um dificultador.

Dificilmente encontraremos um consenso sobre se vale a pena ter um seguro para celular ou não. Existem prós e contras a serem pesados. Provavelmente para pessoas que vivam em cidades e locais com índice de criminalidade e furto alto, fazer o seguro pode não ser apenas uma opção, mas sim uma garantia.

Então caso seja necessário, ou você queira fazer por garantia, o aconselhável é fazer uma pesquisa, orçar todas as opções disponíveis no mercado e que atendam suas necessidades.

Veja com funciona a garantia de celular

Avalie se o valor da mensalidade mais a taxa de franquia somados, ficam mais barato que o que foi pago pelo aparelho, se sim, este é um seguro para celular que compensa para você. Se isso não acontecer, talvez seja melhor reconsiderar essa despesa.

Para quem não quer pagar o seguro, ter um sistema para rastrear o celular pode ser uma alternativa.

Alguns cuidados ao fazer um seguro para celular

  1. Como no caso de um seguro para automóvel, pesquise um seguro para celular que atenda suas necessidades. Se você é uma pessoa que costuma perder as coisas, procure um seguro que cubra perdas não somente roubo por exemplo.
  2. Tenha atenção ao assinar o contrato, leia todas as cláusulas e conheça muito bem as informações da cobertura.
  3. Antes de pedir a indenização, é necessário registrar um boletim de ocorrência para apresentar à seguradora.
  4. Peça referências e só contrate uma seguradora de confiança para não ter surpresas desagradáveis

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...