Samsung pede que usuários desliguem o Galaxy Note 7

Empresa divulgou comunicado oficial pedindo para que consumidores parem de usar o aparelho por risco de explosões

A situação é séria. Após diversas explosões envolvendo o Galaxy Note 7, recente lançamento da Samsung, a marca coreana resolveu fazer um comunicado oficial a todos os usuários, operadoras e varejistas sobre o smartphone. A fabricante faz um apelo para que os consumidores que já possuem o Galaxy Note 7, da primeira ou segunda leva, o desliguem imediatamente e parem de usar o aparelho.

Além disso, a Samsung também pediu que as vendas sejam interrompidas até que seja concluída a investigação com relação às explosões e combustões espontâneas. Diversas unidades do aparelho pegaram fogo em muitos lugares do mundo, mesmo sendo consideradas seguras pela empresa, como os modelos do recall.

A Samsung ainda não sabe como solucionar o problema e por isso resolveu impedira a venda de mais aparelhos e também alertas os consumidores que já o possuem. Aqueles que têm um Note 7 foram orientados a devolvê-lo na loja onde fizeram a compra, em troca de um reembolso ou por um outro modelo de smartphone que não seja o Note 7. A marca ainda não tem previsão para voltar a vender seu mais recente e principal smartphone.

A polêmica em torno do problema foi tamanha que algumas companhias aéreas resolveram pedir para que os passageiros deixassem de usar o Note 7 a bordo das aeronaves. Pediam também para que o celular fosse mantido desligado durante todo o voo. Isso porque foi registrado um caso em que um avião teve de ser evacuado, ainda em solo, por causa de um Note 7 que pegou fogo. Em seu comunicado, a Samsung afirmou que vai “continuar trabalhando diligentemente para resolver a situação.”

Confira o vídeo de um Galaxy Note 7 pegando fogo, na Coréia:

Foto: Reprodução Supplychaim

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...