Restituição do Imposto de Renda 2017: como consultar e calcular o valor

Contribuintes que pagaram imposto a mais em 2016 podem ter direito a Restituição do Imposto de Renda 2017. Veja como consultar e calcular o valor do reembolso.

O trabalhador assalariado tem todos os meses uma parte do seu pagamento descontado para o Imposto de Renda. Quando são feitas as declarações de ajuste anualmente, a Receita Federal faz as contas de quem descontou mais do que devia em 2016 e faz a Restituição do Imposto de Renda 2017.

Para ter direito a receber a Restituição do Imposto de Renda 2017 é muito importante que você não tenha a declaração retida na malha fina. Então, tenha cuidado em preencher os  dados e informações corretamente. Além disso é necessário colocar os dados bancários corretamente, pois a restituição é feita via depósito na conta.

Como funciona a Restituição do Imposto de Renda 2017

Para ter direito ao reembolso, o contribuinte deve fazer a declaração do imposto de renda anual contendo as informações sobre os rendimentos ao longo do ano. A Receita Federal faz o cálculo considerando quanto a pessoa recebeu em rendimentos e quanto pagou em impostos.

O valor que ultrapassa a base de cálculo do imposto – tendo por base a alíquota correspondente a faixa salarial – é devolvido ao contribuinte. O valor dos descontos para o IR variam conforme a faixa salarial do trabalhador – quem ganha mais, desconta mais.

O número de dependentes, despesas médicas e outros gastos dedutíveis, influenciam nas contas e dão direito a descontos no imposto. Quando são feitas as contas de ajuste na época de declaração do Imposto de Renda, as despesas dedutíveis são calculadas e o contribuinte tem direito a receber o que pagou de deduções ao longo do ano.

Veja quem precisa declarar Imposto de Renda

Como consultar o pagamento da Restituição do Imposto de Renda 2017

Como nos anos anteriores, a Receita Federal fará o pagamento da Restituição do Imposto de Renda 2017 em lotes. No site da Receita você pode fazer a consulta do seu caso específico e pode também se informar sobre os lotes que estão sendo liberados.

Preencha o CPF (deve ser informado completo, inclusive com o dígito verificador, sem separadores de números, pontos ou traços)  e escolha o ano exercício.

Também é possível consultar se tem algum valor para receber ligando para o ReceitaFone ( nº 146, opção3) ou usando o aplicativo da Receita (para sistemas operacionais Android ou IOS).

Cálculo da restituição do Imposto de Renda 2017

O valor da restituição vai depender de qual faixa salarial você pertence e,  consequentemente, de quanto você declarou. Sobre o valor a receber ainda são aplicados os juros da taxa Selic, o que fará aumentar o valor conforme o tempo que tiver de esperar pelo pagamento da restituição.

Para ter uma ideia do valor do reembolso faça o cálculo considerando os mesmos aspectos da declaração do IR. Se o valor do Imposto Retido for maior do que o do Imposto devido, quer dizer que você descontou mais do que devia e, por isso, tem direito a restituição.

Total rendimentos ( descontando as deduções)  X  alíquota da tabela anual = Imposto de renda devido.

Imposto de renda devido – Imposto de Retido = Valor a receber da Restituição.

Tabela do Imposto de Renda 2017

Para saber quanto irá receber de Restituição do Imposto de Renda 2017 é preciso saber primeiro quanto irá declarar. Para isso, faça o cálculo considerando a seguinte tabela de alíquotas:

Renda Mensal 

Alíquota

Parcela a deduzir do IR

Até R$1.903,98

Isento

De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65

7,5%

R$ 142,80

De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05

15%

R$ 354,80

De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68

22,5%

R$ 636,13

Acima de R$ 4.664,68

27,5%

R$ 869,36

Calendário de restituição

Veja abaixo o cronograma de restituições do Imposto de Renda 2017:

1º lote: 16 de junho

2º lote: 17 de julho

3º lote: 15 de agosto

4º lote: 15 de setembro

5º lote: 16 de outubro

6º lote: 16 de novembro

7º lote: 15 de dezembro

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...