O que você deve planejar antes de começar a reforma na cozinha

Está querendo fazer uma reforma na cozinha? Fique de olho no que deve ser planejado antes das obras.

As reformas na cozinha costumam dar bastante trabalho, por isso é essencial que haja um bom planejamento antes que tudo comece. E, para evitar que apareçam algumas surpresas no meio do percurso, é bom se atentar aos detalhes durante esse planejamento.

Passo a passo: como planejar uma reforma na cozinha

Antes de começar, faça um planejamento para não ter dores de cabeça:

01. Determinar uma expectativa de gastos

É importante ver qual é a estimativa de preço para a realização da reforma na cozinha. Após decidida a lista de coisas a serem renovadas, basta pesquisar o valor dos equipamentos necessários e pedir o orçamento para os profissionais que serão contratados na obra. Convém lembrar que, às vezes, vale a pena investir um pouco mais nas reformas. Não adianta economizar na hora de comprar material ou contratar alguém se o trabalho final ficar mal feito e acabar trazendo problemas futuros.

02. Não arriscar nas contratações

Além de não manter um limite de gastos muito estreito, na hora de contratar os profissionais para fazer a reforma na cozinha, deve-se ter muita cautela. O ideal é sempre procurar os mais entendidos e, uma boa sugestão, é pedir indicações de pessoas conhecidas que já fizeram reforma e tiveram um resultado positivo.

03. Pensar na logística

Algo em que se tem de pensar é em como organizar o dia a dia para que ele continue correndo bem durante as reformas. A cozinha, sobretudo, é um cômodo muito importante da casa e também um dos mais utilizados. Com as obras ele não estará disponível, desse modo faz-se necessário planejar onde as refeições serão preparadas e servidas durante esse período.

04. Fazer tudo de uma vez

Uma dúvida que pode surgir na hora de planejar a reforma na cozinha é se não é melhor fazer aos poucos, em vez de tudo de uma vez. É compreensível que essa pergunta surja, uma vez que os gastos pra fazer uma reforma num cômodo são bem mais altos que somente uma ou outra reparação.

Contudo, na realidade, fazer a reforma completa acaba saindo mais em conta que fazer de pouquinho em pouquinho. Sem contar que, querendo ou não, obras são normalmente acompanhadas de estresse e dores de cabeça e, ao fazer tudo de uma vez, os momentos de tensão passariam mais rapidamente.

05. Atentar-se às questões técnicas

Ao fazer uma reforma na cozinha, é importante tomar muito cuidado com a parte elétrica e também com o gás. Por exemplo, se há um aparelho a gás ligado a uma determinada parede, o ideal é evitar perfurá-la. E também não convém mexer nas fiações elétricas sozinho, o correto é procurar um eletricista para o trabalho. A cozinha pode ser perigosa, por isso é necessário ter essa atenção a mais durante as reformas.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...