Os radares de velocidade mais inacreditáveis do mundo

Um dos assuntos mais polêmicos no Brasil é onde são dispostos dos famosos radares de velocidade. Pelo mundo, eles podem ser encontrados em lugares mesmo esquisitos.

No Brasil, a lei exige que os radares de velocidade estejam em locais visíveis e sinalizados por placas, mas não é bem assim que acontece. Não são raras as denúncias que circulam, inclusive em redes sociais, de pardais muito bem escondidos, boa parte delas não passam de boatos. Mas, a verdade é que aqui e lá fora existem táticas de camuflagem dos aparelhos que deixam os motoristas de cabelo em pé.

Radares de velocidade  

Em outros países, a chance de encontrar radares de velocidade em locais esquisitos é ainda maior. Os europeus são campeões quando o assunto é identificar motoristas infratores e, como as leis não proíbem, encontram forma bem matreiras de não serem identificados. Veja os pardais mais inusitados do mundo, para fúria e desagrado dos condutores.

1- Dentro de cactos

radares de velocidade

Nos Estados Unidos, um novo modelo de vigilância causou inquetação na população. De acordo com as autoridades, os radares de velocidade escondidos dentro de cactos (isso mesmo, de cactos) não servem para multar, mas sim para identificar carros roubados através das placas. As câmeras são colocadas no interior de plantas falsas e deverão funcionar em Paradise Valley, no estado do Arizona. 

2- Caixote de metal

radares de velocidade

Na capital paulista, o cenário é menos bucólico. Cerca de 20 radares de velocidade móveis foram instalados dentro de caixotes de metal no início do ano para auxiliar na fiscalizacação. De acordo com a entidade fiscalizadora, a estrutura serve para proteger o aparelho. Condutores denunciam que os pardais não estão sinalizados e que essa não passa de mais uma tentativa de burlar a lei.

3- Carreta estratégica

radares de velocidade

Em Belo Horizonte, a tática é outra, mas com um objetivo semelhante. Uma grande carreta parada em um lado da rua pode significar muitas coisas, mas ninguém imaginaria que está ali para esconder um pardal. O caso insólito foi denunciado na internet por um motorista revoltado e cansado de lidar com radares de velocidade escondidos.

4- Radar humano

radares de velocidade

Na Europa a criatividade impera quando o assunto são radares de velocidade. Na França, além dos tripés, são usadas pistolas com detectores que ficam na mão dos fiscais de trânsito. Nada muito inusitado até aqui, não fosse a posição em que os guardas ficam para fazer a vigilância. Nas estradas, eles estacionam as motocicletas no acostamento e ficam em verdadeiros bunkers nas muretas centrais e laterais da via.
 

5- Mais do que carros de luxo

radares de velocidade

Em Portugal, um BMW pode não ser apenas um BMW, principalmente se estiver parado na rua como quem não quer nada. Nesse caso, os radares podem estar escondidos no pára-choque do veículo ou ainda no seu interior. Ao passar rapidamente pelo carro, ninguém suspeita de nada e corre o risco de ser multado sem saber.

6- Na lixeira

radares de velocidade

Os alemães foram ainda mais longe e descobriram uma maneira “pouco limpa” de esconder os tais radares de velocidade. Autoridades decidiram colocar os aparelhos dentro de depósitos de lixo que ficam nas ruas. O local muito pouco convencional para se instalar um equipamento de vigilância inspirou outros países, mas não teve aplicação oficial fora da Alemanha.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...