Clara Grizotto
Clara Grizotto
28 set, 2017 - 21:53
quanto custa morar sozinho

Quanto custa morar sozinho: como calcular os gastos

Clara Grizotto

Antes de partir rumo à independência é preciso calcular os gastos que ela gera. Veja quanto custa morar sozinho em cinco cidades e faça as contas.

O artigo continua após o anúncio

Sair do conforto da casa dos pais para dividir a moradia ou morar sozinho é uma grande decisão a nível financeiro. Para muitas pessoas, esse é o momento que define a entrada na vida adulta, quando é necessário assumir as despesas fixas de uma casa junto com as despesas pessoais. Tomar essa decisão exige muita reflexão e cálculo, uma vez que saber quanto custa morar sozinho pode te ajudar a decidir se esse é o momento certo ou melhor esperar mais um pouco.

Os custos essenciais

Se você chegou ao ponto onde percebeu que é capaz de viver às próprias custas, parabéns. Não será fácil, e no começo com certeza você pensará em voltar atrás, mas com o tempo as coisas se ajeitam e a liberdade e
independência, frutos dessa decisão, falarão mais alto.

O primeiro passo para saber quanto custa morar sozinho é fazer um orçamento e definir seu padrão de vida. Cabe a você decidir se quer morar em um bairro de classe alta ou se fica satisfeito com uma quitinete em um bairro longe do centro, e a partir desse ponto você poderá começar seus cálculos.

Basicamente, os gastos de quem vive sozinho podem ser divididos em três partes:

  • Essenciais: tudo que você precisa para viver com o básico, como aluguel, água, gás, alimentação, luz e condomínio;
  • Secundários: são as despesas que não chegam a ser essenciais e podem ser cortadas em caso de necessidade, como internet, lazer, TV a cabo, assinatura de revista e Netflix, etc;
  • Imprevistos: o ideal é sempre ter uma grana guardada para quando o chuveiro queimar, o encanamento der algum problema ou você ficar doente e precisar gastar com remédios.

Morar sozinho em 5 grandes cidades do Brasil

Os gastos essenciais variam de cidade para cidade e de localização para localização. Para calcular quanto custa morar sozinho você pode contar com a ajuda de sites como Numbeo, que informa uma média dos valores em cada cidade com base em dados fornecidos pelos próprios moradores.

Abaixo, disponibilizamos os custos mensais para despesas básicas do apartamento (eletricidade, água e lixo) para um apartamento de 85 m², internet, aluguel para um apartamento de um quarto longe do centro para
cinco cidades – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Salvador. Confira quanto custa morar sozinho em cada um desses municípios:

São Paulo

  • Aluguel: R$ 1.342,19
  • Despesas básicas do apartamento: R$ 217,86
  • Internet: R$ 91,28

Rio de Janeiro

  • Aluguel: R$ 1.217,27
  • Despesas básicas do apartamento: R$ 359,42
  • Internet: R$ 107,04

Belo Horizonte

  • Aluguel: R$ 811,99
  • Despesas básicas do apartamento: R$ 222,85
  • Internet: R$ 109,32

Curitiba

  • Aluguel: R$ 754,55
  • Despesas básicas do apartamento: R$ 236,86
  • Internet: R$ 104,60

Salvador

  • Aluguel: R$ 900
  • Despesas básicas do apartamento: R$ 252,73
  • Internet: R$ 76,67

Custos mensais com supermercado

Em relação aos custos mensais com supermercado, calculamos o preço de um saco de arroz por mês, 30 garrafas de água de 1,5 litro, 10 garrafas de 1 litro de leite, quatro quilos de tomate, duas caixas de ovos (com 12 ovos cada) e dois quilos de maçã.

São Paulo

  • Arroz: R$ 4,01
  • Água: R$ 82,80
  • Leite: R$ 33,70
  • Tomate: R$ 19,80
  • Ovos: R$ 12,88
  • Maçã: R$ 27,40

Rio de Janeiro

  • Arroz: R$ 4,22
  • Água: R$ 73,80
  • Leite: R$ 40,40
  • Tomate: R$ 21,84
  • Ovos: R$ 11,06
  • Maçã: R$ 29,16

Belo Horizonte

  • Arroz: R$ 3,73
  • Água: R$ 108
  • Leite: R$ 31,10
  • Tomate: R$ 14,68
  • Ovos: R$ 12,98
  • Maçã: R$ 21,76

Curitiba

  • Arroz: R$ 3,64
  • Água: R$ 93,90
  • Leite: R$ 27,50
  • Tomate: R$ 16,52
  • Ovos: R$ 9,50
  • Maçã: R$ 21,52

Salvador

  • Arroz: R$ 3,25
  • Água: R$ 90
  • Leite: R$ 34
  • Tomate: R$ 16,52
  • Ovos: R$ 14
  • Maçã: R$ 25,32

Com os custos médios de cada cidade, basta somar tudo para ter uma média de quanto custa morar sozinho. É claro que há variáveis – você pode dividir o aluguel com um colega, almoçar fora com o vale-refeição pago pela empresa ou até comprar uma casa – , mas no geral é necessário ter uma renda média de, no mínimo, R$ 3 mil para viver confortavelmente nas maiores cidades do país.

O artigo continua após o anúncio

A dica para quem pretende poupar dinheiro ou quitar dívidas é pensar duas vezes antes de morar sozinho, pois a responsabilidade é grande e os gastos podem provocar um rombo no orçamento. Se a ideia é buscar emprego ou estudar em outra cidade o ideal é ter tudo garantido antes de arcar com a mudança – lembrando também que, além dos gastos citados, no início haverá ainda o custo com a compra de móveis, eletrodomésticos e pequenos consertos.