Conheça profissões típicas brasileiras para ganhar dinheiro no exterior

Profissões típicas brasileiras fazem sucesso no exterior. Uma destas oportunidades pode ser seu passaporte para viver uma experiência fora do Brasil. 

Está à procura de uma nova aventura? E que de preferência ela seja em outro país? Saiba que os profissionais brasileiros de algumas áreas são muito requisitados fora do país, e em algumas delas nem é preciso ter formação superior. Confira a lista que o Hintigo preparou com as profissões típicas brasileiras para ganhar dinheiro lá fora.

 

Trabalhos para brasileiros no exterior

 

1- Dançarinos

Desde o ballet clássico à dança do ventre ou de salão, incluindo forró e samba, o salário médio no exterior para os dançarinos são de US$ 1.200,00 ou R$
3.468,00 mensais.

 

2- Professores de Capoeira

Esta mistura de arte marcial, esporte, cultura popular e música representa o Brasil no exterior e o profissional desta área pode receber, em média por
hora, cerca de US$ 28,00 ou R$ 83,44.

 

3- Churrasqueiros

Quem não gosta de um bom churrasco? Os gringos também concordam e o salário deste profissional apresenta uma média de US$ 35,00 ou R$ 104,30 por hora. Em
Dubai, o salário inicial para um churrasqueiro varia entre R$ 3 mil e R$ 5 mil mensais.

 

4- Modelos e Manequins

Esta é uma profissão que exige algumas características específicas dos candidatos como peso, altura e até mesmo beleza. O salário para quem possui um curso
de modelo e parceria com uma agência pode variar entre R$ 80,00 e R$ 500,00 por trabalho realizado.

Os valores apresentados estão de acordo com a cotação do dólar de R$ 2,89.


5- Jogadores de Futebol

Não é novidade para ninguém que arrasamos no futebol. E esta também é uma das profissões em que mais há procura por brasileiros. Em Dubai, e na China, há um grande investimento para os profissionais da área dos esportes, como futebol, futebol de salão e lutas marciais.


A média de salário anuais dos jogadores de futebol de campo em 2014 foi de:

Inglaterra: R$ 9,27 milhões

Alemanha: R$ 5,9 milhões

Itália: R$ 5,3 milhões

 

Não pense que os altos salários são apenas para os renomados profissionais. A segunda divisão inglesa aparece com média salarial de R$ 1,98 milhão anuais.

 

Cuidados antes de embarcar nesta aventura profissional

O Itamaraty possui uma

Cartilha de Orientações para o Trabalho no Exterior

que esclarece dúvidas e faz recomendações para os profissionais brasileiros que vão trabalhar no exterior. Esta é uma forma a evitar o tráfico
internacional de pessoas e garantir a proteção do cidadão brasileiro no exterior.


Algumas recomendações

  • Ter o mínimo de conhecimento em Inglês;
  • Exigir o envio do contrato de trabalho;
  • Informações sobre alojamento;
  • Formas de pagamentos;
  • Quais são os seus direitos;

 

A sua profissão não foi relacionada? Não fique triste, o Hintigo fez uma lista de países que procuram por profissionais brasileiros, confira:

Países que buscam brasileiros

 

  • Nova Zelândia

 

As principais ofertas para brasileiros são nas áreas de medicina, engenharia e tecnologia da informação. É possível conferir as ofertas e informações sobre
os programas de contratação de mão de obra estrangeira no site do Governo.

 

  • Canadá

A principal província do Canadá que contrata brasileiros é Quebec e o Governo inclusive já disponibilizou palestras no Brasil para apresentar as profissões
requisitadas. Entre elas estão administração de empresas, contabilidade, engenharia civil, engenharia da computação, enfermagem e tecnologia da informação.
Confira as dicas do Hintigo para trabalhar neste
país.

 

  • Noruega

 

O país possui um déficit de 14 mil profissionais da área de engenharia e os profissionais mais procurados são aqueles especialistas em perfuração,
automação, mecatrônica e hidráulica. As empresas norueguesas estão de olho no pré-sal e buscam por brasileiros nesta área e em médicos, enfermeiros e
educadores. As informações podem ser consultadas no site do
Governo.


Freelancers brasileiros no exterior

Uma pesquisa realizada pelo site Freelance.com, países como EUA, Inglaterra, Índia e Austrália são os que mais
recrutam designers gráficos, programadores de PHP e HTML, webdesigners, marketing online e tradutores brasileiros.

Sites para procurar emprego no exterior

 

 

 

Antes de se cadastrar a um emprego no exterior,


confira as dicas para fazer um currículo em inglês
. E se você quer receber informações gratuitas diariamente sobre oportunidades de emprego, vagas e carreiras no exterior, cadastre-se já no Hintigo

 


Veja também:

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...