Este é o checklist que você precisa seguir para prevenir acidentes domésticos

Quem mora com idosos e crianças convive com o risco diário de quedas, tropeços e ferimentos mais graves. Veja como prevenir acidentes domésticos.

Quem mora com crianças e idosos sabe que o perigo está em todo lugar, inclusive dentro de casa, e por isso a necessidade de prevenir acidentes domésticos. Os dados são alarmantes: segundo o Ministério da Saúde a maioria das quedas até os nove anos de idades se deu dentro de casa, e informações coletadas do SUS (Sistema Único de Saúde) em 37 cidades brasileiras mostram que 50,4% dos atendimentos a crianças nessa faixa de idade foram provocados por quedas – 69% deles dentro da casa das vítimas.

Em relação aos idosos, os números também são preocupantes e ainda mais graves, já que 70% das quedas ocorrem dentro de casa e 30% desses acidentes são fatais. Segundo o Ministério da Saúde, 40% provocam uma lesão grave, como traumatismo craniano e da coluna vertebral.

Pequenos descuidos que podem causar acidentes domésticos graves

Como prevenir acidentes domésticos

A boa notícia é que prevenir acidentes domésticos é uma questão de mudança de hábitos. Coisas simples, como trocar alguns móveis de lugar, manter a casa organizada e colocar antiderrapantes em tapetes, banheiro e escadas ajudam na segurança dos moradores e evitam quedas e lesões. Atente-se a esses pontos e mantenha seu lar seguro:

1. Bagunça: brinquedos largados na sala, sapatos espalhados, roupas jogadas no chão do quarto e caixas no meio do corredor são facilitadores de queda, principalmente quando as luzes estão apagadas ou estamos distraídos. Guardar as coisas no seu devido lugar é o primeiro passo para prevenir acidentes domésticos;

2. Redes e grades de proteção: janelas, sacadas e piscinas devem contar com grades e telas de proteção para evitar quedas acidentais. As grades ou portões de segurança também devem estar presentes na entrada e
saída da escada, e se for aberta o ideal é que hajam redes ao longo dela;

3. Escadas: as escadas são grandes vilãs, responsáveis pelo maior número de acidentes doméstico. Instalar corrimões dos dois lados e antiderrapantes nos degraus é uma forma de torna-las mais seguras;

4. Portas: as portas de vidro devem ser sinalizadas para evitar que alguém trombe acidentalmente. Instale fixadores para manter a porta presa e protetores para evitar que a porta se feche e prenda as mãos
ou dedos de alguém;

5. Tomadas: isso é essencial para quem tem crianças pequenas em casa! Proteja as tomadas com protetores, facilmente encontrados em qualquer supermercado ou loja de produtos infantis, e oriente a criança
a não colocar o dedo ou introduzir objetos na tomada. As queimaduras elétricas são muito graves;

6. Baldes e cadeiras: crianças são naturalmente curiosas e para prevenir acidentes domésticos é necessário pensar no que pode lhes chamar a atenção. Um balde ou tanque sem proteção adequada pode fazer com
que ela se afogue (bastam 2,5 centímetros para isso), assim como uma cadeira ou banco pode cair sobre elas ou servir para que subam e pulem da sacada, por exemplo;

7. No chão: evite encerar o piso, principalmente se mora com idosos, que tem mais dificuldade de se locomover. Além disso, coloque antiderrapante nos tapetes ou prenda com fita dupla nos remanescentes, e se
possível não os deixe em áreas de circulação para evitar tropeções e desequilíbrios;

8. Móveis: as chances de uma criança tentar subir em uma estante e derruba-la em cima de si mesma são enormes e não faltam vídeos na internet para provar. Para prevenir acidentes domésticos não deixe esses
móveis ao seu alcance ou prenda-os à parede para evitar que caiam;

9. Cozinha: o cabo da panela sempre deve estar virado para dentro do fogão, e objetos pontiagudos, caixas de fósforos, tesouras, facas e outros itens devem ser mantidos longe do alcance das crianças. Cuidado
com o fogão, pois a criança pode se interessar pelos botões e acendedores, e com o botijão de gás, que deve ficar do lado de fora e contar com válvula de segurança. O ideal é que a criança não fique na cozinha enquanto os adultos estiverem cozinhando;

10. Banheiro: lâminas de barbear e produtos de beleza em geral devem ser mantidos fora do alcance das crianças. A tampa do vaso deve estar sempre fechada e o piso deve ser antiderrapante. Barras de apoio na
área do chuveiro e assentos são importantes para que a pessoa possa de apoiar em caso de mal súbito durante o banho;

11. Produtos de limpeza e venenos: para prevenir acidentes domésticos todos esses produtos devem ser guardados em local alto e trancado, para que nenhuma criança tenha acesso. Não deixe os produtos de
limpeza em frascos de alimentos, como garrafas de refrigerante ou potes de manteiga, para que a criança não se confunda e possa ingerir;

12. Eletrodomésticos: mantenha todos os aparelhos elétricos desligados e os fios longe do alcance da criança. Instale-os sobre móveis firmes, para que ela não consiga puxar, e muito cuidado com o ferro de passar roupa, mesmo que esteja desligado.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...