Posso refinanciar um veículo financiado?

Sabia que é possível refinanciar um veículo financiado e conseguir taxas de juros mais baixas? Fique por dentro.

O refinanciamento de veículos é uma modalidade de empréstimo consignado com garantia de bem. Por isso, é o tipo de empréstimo com taxa de juros mais baixa. O refinanciamento é, na verdade, uma espécie de hipoteca reversa. Você consegue um empréstimo dando o seu carro como garantia, e carro fica alienado ao banco, mas continua em sua posse. Quando acabar de pagar as prestações do refinanciamento, o carro volta a ser seu. Se você tem uma dívida com juros altos, uma possibilitade é refinanciar veículo financiado, dando-o como garantia de pagamento.

Refinanciar veículo: o que é preciso saber para contratar

Como refinanciar veículo financiado

No fundo, refinanciar veículo financiado, nada mais é do que renegociar as taxas de financiamento com a instituição financeira, prolongando o tempo de pagamento.

É muito comum que as pessoas comprem carros com altas taxas de juros e depois de algumas parcelas percebam que não conseguem continuar pagando, e acabam por entrar na inadimplência. Antes da dívida virar uma bola de neve de juros, a saída é renegociar. Uma alternativa é justamente refinanciar.

Mas antes de começar a negociação, releia o contrato, vá ao Procon e veja se não cabe uma Ação Revisional de Financiamento de Veículos com objetivo de baixar os juros. Certifique-se também que não pagou taxas indevidas e que podem ser ressarcidas. Procure o banco para renegociar a sua dívida, entrar em um acordo e refinanciar veículo financiado.

Caso não haja outra saída, comece a pensar na negociação para refinanciar veículo financiado. Veja qual o valor de mercado atual do seu veículo, de acordo com a tabela FIPE, para saber qual será o seu limite de crédito. Assim, você paga o que deve ao banco, e negocia parcelas mais baixas, com taxas de juros também mais baixas, ainda que prolongando o tempo de pagamento do financiamento.

O carro precisa estar quitado para ser refinanciado

Essa questão é relativa, pois nem todos os bancos aceitam fazer o empréstimo com o financiamento do carro em andamento. No entanto, há outras empresas que concordam em fazer o empréstimo ao solicitante, mas uma parte do dinheiro emprestado é usada para pagar a dívida do financiamento.

Qual o valor recebido no refinanciamento de veículos

O valor que você consegue pegar ao refinanciar veículo financiado depende do ano e do modelo do seu carro. Normalmente, os bancos e as financeiras não aceitam veículos que apresentam mais de 10 anos de uso. Sendo assim, quem tem um carro mais novo e caro, possivelmente obterá um empréstimo mais alto. É importante ressaltar que a avaliação do valor do veículo é feito com base na tabela FIPE, a partir daí é liberada praticamente a metade do valor do automóvel. O valor do empréstimo também está relacionado à sua renda, visto que você pode comprometer até 35% da sua renda mensal para quitar o refinanciamento.

É possível fazer financiamento do carro com o nome sujo?

Geralmente não, mas há alguns bancos que aceitam, logo você pode tentar negociar. Há empresas que não emprestam o dinheiro por achar que você não conseguirá pagar esta nova dívida. Porém, existem as exceções, algumas financeiras concedem crédito para que está com o nome negativado e cobram taxas de juros mais altas, fazendo com que a dívida duplique.

Documentos para fazer o refinanciamento de veículos

Para refinanciar veículo financiado, você deve apresentar a sua documentação pessoal e a do veículo. O solicitante tem que entregar a cópia do CPF, RG, comprovante de residência e de renda, e certidão de casamento. Em se tratando do veículo, é necessário ter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o CRV (Certificado de Registro do Veículo).

Taxa de juros ao refinanciar veículos

As taxas de juros cobradas no refinanciamento de veículo financiado dependem do modelo e do ano do carro que será dado como garantia. Mas, tenha em mente que os juros do refinanciamento são menores do que os que são cobrados no empréstimo tradicional. Pode-se fazer refinanciamento com taxas de juros de 2% por mês.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...