Como desenvolver um plano de carreira

Fundamental para traçar metas futuras em aspecto pessoal e profissional, saiba como desenvolver seu plano de carreira com autoconhecimento e motivação.

O entusiasmo de quem está começando agora; a incerteza de quem se encontra na metade do caminho e não sabe se quer voltar e tentar de novo. Além destes questionamentos comuns ao longo da vida profissional, traçar um plano de carreira é fundamental para estabelecer um equilíbrio entre a vida pessoal, profissional e suas metas para o futuro sem frustrações, rumando para o sucesso.

Plano de carreira profissional

De importância clara a profissionais e empresas como um todo, o plano de carreira é uma ferramenta eficaz para minimizar os riscos na hora de mudar, permanecer ou arriscar algo novo em sua profissão. No entanto, mesmo com o impacto desse planejamento, muitos são os profissionais que não sabem sequer por onde começar, uma vez que é necessário responder a questões pessoais e demasiado profundas sobre sua satisfação, metas ou a necessidade de mudar totalmente seus planos atuais.

Comprovado: chefes ruins podem deixar funcionários doentes

Não somente um interesse do profissional que atua como funcionário, o plano de carreira deve ser traçado também por empresas, visando motivar e fornecer melhores expectativas aos seus colaboradores através da discussão da carreira individual, incluindo feedbacks constantes de desempenho e reorganização do fluxograma da empresa periodicamente.

Também como planejamento de carreira, são bastante utilizadas pelas empresas métricas de suporte para o desenvolvimento pessoal e profissional da equipe, seja trabalhando com recursos internos disponíveis, avaliando potenciais ou administrando a visão de futuro de seus funcionários na empresa. Busque identificar os pontos fortes e fracos na empresa, estimulando forças, minimizado fraquezas e estabelecendo metas.

Como fazer um plano de carreira pessoal

Além do notável significado que um plano de carreira tem a um ambiente corporativo, o profissional jamais pode se dar por acomodado e deixar seus planos e metas somente nas mãos de um líder. Para isso, em concomitância com o plano traçado pela empresa, é importante ter estabelecido seu próprio roteiro, definindo exatamente quem deseja ser.

O primeiro passo é fazer uma avaliação pessoal, questionando-se sobre o que quer, onde deseja chegar e se está feliz com suas escolhas até o momento. Começar com a pergunta “eu faço o que gosto?” é uma boa maneira de começar sua motivação. A seguir, passe para seus pontos fortes e fracos, definindo o impacto deles em sua vida profissional até o momento.

Ter tais respostas definidas podem ser suficientes para começar a criar seu próprio plano, seja atingindo objetivos pessoais como aprender novos idiomas, especializar-se em algo que julga ser seu ponto forte ou passar a traçar metas dentro da própria empresa, como almejar uma promoção. Desenvolva-se a partir de suas motivações em atividades que estejam ligadas aos seus objetivos já estabelecidos.

Enquanto decide o que fará para atingir seus planos, planeje cada detalhe do mesmo, como metas financeiras, relacionadas ao ambiente de trabalho ou atualização de mercado. Registre tudo e torne o plano de carreira um fluxograma claro e motivador. Por fim, mas não menos importante, passe a trabalhar seu marketing pessoal e usar o networking a seu favor; mantenha relacionamentos próximos com quem julga fundamental para alcançar seus objetivos e mostre a eles sobre seu eu pessoal e suas habilidades e competências profissionais.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...