Tati Barros
Tati Barros
15 set, 2017 - 18:11
passagem aérea com desconto

Estudantes e aposentados: quem pode comprar passagem aérea com desconto?

Tati Barros

Algumas pessoas têm o direito de comprar passagem aérea com desconto? Confira se você tem direito a esse e outros benefícios e economize nas viagens.

O artigo continua após o anúncio

Muitas são as dúvidas na hora de se comprar uma passagem, especialmente quando se trata de saber quem possui direito a descontos nessas circunstâncias. Com um pouco de informação e pesquisa, é possível, por exemplo, que estudantes consigam uma passagem aérea com desconto, além de outros benefícios.

Tenho direito a passagem aérea com desconto?

Há algumas regras especiais, não só para estudantes, como para crianças e idosos, na hora de garantir o seu bilhete. Saiba mais:

Passagem área com desconto para crianças

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), as companhias aéreas podem cobrar passagens de bebês de até dois anos de idade que viajam no colo, desde que o valor não ultrapasse 10% do valor pago pelo adulto.

Para casos de crianças de 2 a 11 anos, as companhias costumam oferecer passagem aérea com desconto que pode chegar a até 50% sobre o valor pago pelo adulto.

Passagem área com desconto para estudantes

Quem pretende fazer intercâmbio e se matriculou em um curso no exterior leva algumas vantagens na hora da compra da passagem.

Várias companhias oferecem benefícios para estudantes que comprovem a matrícula, como passagem aérea com desconto, paradas gratuitas em destinos de conexão e flexibilidade na hora da alteração de datas. Tudo isso sem custo adicional.

Passagem área com desconto para Idosos

O Estatuto do Idoso garante viagens gratuitas ou com descontos de 50% em viagens de transporte coletivo interestadual. No entanto, o mesmo não vale ainda para viagens aéreas nem permite passagem aérea com desconto.

A boa notícia é que existe um projeto de lei, do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), que propõe que as companhias aéreas reservem nas aeronaves duas poltronas gratuitas para idosos com renda de até dois salários mínimos.

O artigo continua após o anúncio

O projeto 482/2011 foi aprovado em março de 2016 pela Comissão de Infraestrutura (CI) e deve passar por votação na Comissão de Direitos Humanos e Legislação participativa (CDH).