Veja quando vale a pena comprar parcelado no cartão de crédito

O parcelamento permite que o cliente adquira um bem e vá pagando aos poucos, mas é preciso avaliar quando vale a pena comprar parcelado no cartão de crédito de fato. 

 

A hora de fazer compras é sempre uma alegria. Mas, às vezes, o dinheiro não chega para pagar tudo ou o valor é maior do que você esperava. Nesse momento, comprar parcelado no cartão de crédito parece tentador, mas o que acontece com frequência é a tal solução virar um problema ainda maior.

 
Antes de fazer um parcelamento no cartão de crédito ou recorrer a qualquer outra forma de pagamento que não seja pagar à vista, é preciso considerar uma série de fatores e ponderar: quando vale a pena comprar parcelado no cartão de crédito? Pagar juros ou poupar e comprar depois? Parcelas menores e com juros ou parcelas maiores sem juros? Em qualquer caso, é sempre bom pensar na compra, as emoções e a impulsividade devem ser deixadas de lado nessa altura ou o resultado pode ser dívidas impagáveis.

Como funciona o parcelamento no cartão de crédito?

Praticamente todos os estabelecimentos comerciais aceitam fazer parcelamento no cartão de crédito. Para os comerciantes é um lucro, pois as pessoas compram mesmo sem terem o dinheiro imediato para fazê-lo. A administradora do cartão de crédito paga-os na totalidade e, mesmo que o cliente atrase o pagamento da fatura, as lojas não têm prejuízo porque a dívida deve ser paga à financeira.

Para o consumidor que não pode ou não quer esperar para fazer a compra à vista, o mais importante na hora de fazer um parcelamento no cartão de crédito é saber se existem juros ou não. Em muitos casos depende do número de parcelas, em outros isso só acontece em campanhas especiais das lojas. Como as taxas são elevadíssimas, só vale à pena fazer esse procedimento se não houver tributação. Do contrário, o cliente pode estar sujeito a juros que ultrapassam os 490%.

Por isso, antes de arriscar na primeira promoção, faça contas básicas e verifique. Algumas lojas, mesmo anunciando a ausência de taxas, embutem os valores de forma dissimulada. Para confirmar, basta multiplicar o preço das mensalidades pela quantidade. Qualquer centavo além são sim juros disfarçados.

Veja dicas para usar o cartão de crédito e não se endivididar.

Quando vale a pena comprar parcelado no cartão de crédito?

As formas alternativas de crédito surgiram para atender à demanda do mercado. Mais gente podendo comprar e movimentando a economia. A vantagem para o consumidor é adquirir o bem que precisa mesmo sem dispor da quantia total de dinheiro na hora. Ao recorrer ao parcelamento, compra o que precisa e paga aos poucos até sanar a dívida. Em um contexto controlado, essa situação funciona perfeitamente.

Sempre dizem que, se há dinheiro para comprar o bem à vista, é preferível que assim seja, pois parcelamento no cartão de crédito não compensa. Mas sabia que é possível reverter esse quadro? A ideia é colocar o valor economizado na poupança e fazer um parcelamento sem juros. À medida que se vai pagando as parcelas, a quantia poupada rende juros. Ou seja, paga-se e ainda é possível ter um “troco” no fim.

Os cartões de créditos podem ser grandes vilões para o orçamento, mas também podem ser vantajosos. Vai de cada um analisar as implicações do seu uso e fazer uma avaliação estratégica da compra.
 

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...