Ranking de países com melhor qualidade de vida

Se fosse apenas uma questão de escolha, você mudaria para um dos países com melhor qualidade de vida? Conheça os vencedores nesse ranking.

Poder morar em um dos países com melhor qualidade de vida do mundo é um privilégio que muitos brasileiros gostariam de ter! Infelizmente essa não é a realidade de muitos, inclusive ao redor do mundo. Você faz ideia de quais são os indicadores que tornam essas cidades tão especiais? O baixo índice de criminalidade, qualidade de trabalho e o poder de compra com relação ao salário mínimo oferecido no país e níveis de corrupção bem inferiores, dentre outros não menos importantes.

Países com melhor qualidade de vida

Disponibilizado ainda no primeiro semestre deste ano, o Social Progress Index, repetido anualmente, divulgou sua análise sobre 128 países em 50 diferentes indicadores a fim de verificar quais são os países com melhor qualidade de vida no mundo.

A pesquisa acompanhou os indicadores durante os anos de 2014 e 2017 em três principais categorias: necessidades básicas, bem-estar e oportunidades. O diferencial nesse ranking é a enfatização do desempenho social dos países, deixando à parte os fatores econômicos. A seguir, confira quais foram os cinco primeiros lugares no ranking e clique aqui para conferir a pesquisa na íntegra.

5. Suíça

Apresentando um PIB per capita de $ 56.517, a Suíça conseguiu o quinto lugar graças a uma excelente pontuação em termos de saúde básica, saneamento, moradia e segurança, sob escala mínima em nível de crimes violentos. Com mais de 99% das crianças na escola, outros fatores que fazem da Suíça um dos países com melhor qualidade de vida são o acesso à informação e comunicação, a liberdade pessoal e de escolhas. O país é também o quinto menos corrupto do mundo.

4. Noruega

O quarto lugar na escala máxima de progresso social ganhou destaque pelo acesso à informação e comunicação de sua população. A Noruega ficou com pontuação 90,27 de 100 e seu PIB per capita é de $ 63.650. Com todas as crianças na escola e praticamente toda a população com acesso a celulares e internet, o país também pontua com louvor em termos de medicina básica, saneamento básico, energia elétrica e segurança – a Noruega ficou no topo do ranking em termos de ausência de crimes violentos.

3. Islândia

Também com 90,27 como pontuação geral, a Islândia apresentou destaque na categoria tolerância e inclusão, além de uma expressiva vantagem em termos de necessidades básicas, como saneamento, nutrição e cuidados médicos. Em outras categorias, o acesso ao conhecimento básico praticamente “gabaritou”, principalmente em questão ao número de crianças matriculadas na escola – 100% delas estão estudando. O PIB per capita do país é de $ 42,325.

2. Finlândia

Com pontuação geral de 90,53 de 100, a Finlândia apresentou forte performance em seis das doze categorias gerais do Index. Em primeiro lugar, disparou em termos de nutrição e cuidados médicos básicos; em seguida, ficaram os tópicos liberdade de escolha pessoal, moradia, direitos humanos, inclusão e tolerância, e acesso à comunicação e informação. Em 2017, o PIB per capita da Finlândia apontou os $ 38,941.

1. Dinamarca

Em primeiro lugar, a Dinamarca obteve as pontuações mais altas em termos de saneamento básico, direitos humanos, segurança, moradia e acesso à informação e comunicação. Com pontuação de 90.57 em um máximo de 100, o país também apresentou um PIB per capita de $ 44.042. Em 2016, a Dinamarca ganhou o título de país mais feliz do mundo.

A cidades com melhor qualidade de vida

Com base em um segundo ranking, se você procura por países com melhor qualidade de vida, certamente quer saber quais cidades são também compatíveis com todo esse desenvolvimento. E não necessariamente essas cidades estão dentro dos países melhor avaliados.

Diante disso, a empresa de consultoria Mercer divulga também anualmente um índice próprio de Qualidade de Vida do Mundo. Em 2017, esse levantamento considerou 231 cidade, com o objetivo de contribuir para os investimentos sociais e econômicos de cada região. Os indicadores globais são: Ambiente Político e Social; Economia do país; Ambiente sociocultural; Medicina e Saúde; Escola e Educação; Serviços e transportes públicos; Diversão; Bens de consumo; Moradia e Ambiente natural.

5. Vancouver – Canadá

qualidade de vida

Além de ser uma das cidades mais belas do país, é também considerada como uma das mais saudáveis do mundo, isso devido à medicina preventiva e baixa poluição atmosférica. Você sabia que na cidade há cerca de 30 Km em ciclovias?

4. Munique – Alemanha

qualidade de vida

Esta cidade bávara se destaca pela variedade de atividades de lazer conciliadas aos diversos parques, lagos e no inverno, o ski é o que impera na região. Além disso, alguns dos melhores hospitais escolas do país estão nesta cidade e, para fechar, é considerada como a mais segura da Alemanha.

3. Auckland – Nova Zelândia

qualidade de vida

A “Cidade das Velas”, a organização e a limpeza das ruas são destaques! É também a capital econômica do país e abriga mais de 30% da população. São ricas ainda as opções de estudo, tanto para os nativos quanto expatriados (e até mesmo intercambistas). Já a natureza exuberante, com certeza contribuir para a medalha de bronze.

2. Zurique – Suíça

qualidade de vida

A estabilidade política e econômica e a infraestrutura são os principais pontos fortes e, inclusive, já fizeram com que fosse a melhor do mundo. Outro ponto forte que a faz destacar como a melhor da Suíça é o centro cultural que possui, com diversas opções de museus e galerias, por exemplo.

1. Viena – Áustria

qualidade de vida

Pelo sexto ano seguido o ranking das melhores cidades em qualidade de vida é liderado por Viena. A infraestrutura e a segurança da cidade se destacam, onde crimes graves são raros. Outras características são as belezas arquitetónicas, naturais e sua extensa ciclovia. É considerada ainda como uma das mais ricas do mundo, a capital atrai cerca de 12 milhões de turistas por ano.

Piores cidades do mundo em qualidade de vida

Com os mesmos padrões de análise, algumas cidades pelo mundo se destacam pela ausência de qualidade de vida:

227º Cartum – Sudão
229º Porto Príncipe – Haiti
228º Saná – Iêmen
230º Bangui – República Centro-Africana
231º Bagdá – Iraque

* Vale ressaltar que este índice considera setores econômicos (e não turísticos) com objetivo de avaliar a qualidade de vida de moradores, trabalhadores e possíveis expatriados em relocação de emprego.

 

 

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...