Ovos de Páscoa mais caros afetam o orçamento doméstico

Sem os ovos de Páscoa, a data passa praticamente em branco para milhares e milhares de famílias brasileiras. Mas com o aumento acima da inflação, comprar os ovos de Páscoa este ano pode comprometer o orçamento doméstico do mês.

De acordo com levantamento da FVG – Fundação Getúlio Vargas, o preço dos ovos de Páscoa subiu acima da inflação, com um aumento de 6,78%, enquanto a inflação acumulada do período ficou em 6,09%.

O preço dos ovos de Páscoa ainda pode variar cerca de 35%, podendo representar um rombo no orçamento doméstico do mês de abril. A cidade de Porto Alegre foi a que apresentou maior aumento em relação ao ano passado, chegando a 7,7%. Belo Horizonte também teve uma alta de 7,57%. Em Manaus, é possível encontrar a mesma marca e tamanho de ovo de Páscoa com uma variação de preço de até R$9,00, em diferentes estabelecimentos.

De acordo com o dados levantados pela FGV, o preço elevado dos ovos de Páscoa se deu devido ao aumento dos insumos básicos utilizados para fazer o produto. Só o cacau, base para fazer o chocolate, teve um aumento de mais de 50%, o açúcar subiu 10% e o leite 16%. Além disso, para André Braz, economista  do Ibre-FGV, o ovo de Páscoa tem um apelo emocional que faz com o que o consumidor acabe aceitando pagar mais caro pelo produto, com isso o valor de mercado se eleva ainda mais.

Com a proximidade da Páscoa, os ovos podem subir ainda mais. Comprar antecipadamente é a maneira de ainda conseguir economizar um pouco e ter maior variedade e qualidade de produtos, já que ao deixar para comprar na última hora sobram apenas algumas marcas e muitos ovos já quebrados. Outra medida para poupar o orçamento doméstico, é presentear os adultos com caixas de bombons e barras de chocolate, que são mais baratas, é priorizar os ovos de Páscoa para as crianças.

Já outros produtos típicos da Páscoa não sofreram aumento significativo. No geral, os outros produtos que fazem parte da cesta básica da Páscoa tiveram um aumento médio inferior à inflação dos últimos 12 meses, ficando em menos de 3%. O bacalhau, muito tradicional no almoço de Páscoa brasileiro, teve um aumento de 3,02%.

Como acontece todos os anos, há quem aposte num boicote aos ovos de Páscoa para proteger o orçamento doméstico. Comprar ovos artesanais também pode ser uma alternativa para forçar a queda do preço dos ovos das grandes marcas.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...