Confira 5 dicas para escolher operadora de celular

É preciso tomar cuidado ao escolher operadora de celular para não cair numa furada. Acompanhe as melhores dicas para fazer um bom negócio.

No Brasil existem quatro principais operadoras de telefonia móvel no mercado: Vivo, Claro, Tim e Oi. Todos os dias surgem ofertas e promoções imperdíveis e, na mesma proporção, inúmeras reclamações dos serviços prestados. E agora? Quer mudar e não sabe como escolher operadora de celular ideal? O Hintigo lhe ajuda nessa tarefa, confira:

O que considerar na hora de escolher a operadora de celular?

Se você assiste apenas aos comerciais das operadoras será difícil perceber qual a que lhe oferecerá melhor vantagem e como escolher operadora de celular, já que muitas vezes há aquelas letrinhas miúdas no canto da televisão, que não te deixam saber dos pormenores.

  • Quantos minutos costuma gastar por mês com ligações para números da mesma operadora;
  • O mesmo para outras operadoras e telefones fixos diferentes;
  • Área de cobertura é muito importante, principalmente para aqueles que viajam muito e precisam falar ao celular;

Dá trabalho, mas uma dica que pode ser bastante válida é fazer uma planilha com os valores e ofertas de serviço de cada uma das operadoras. Conheça os aplicativos para identificar as operadoras de celular.

Uma opção mais simples

Pesquisar todas as ofertas do mercado para escolher a operadora de celular está fora de questão? Faça uma simulação de acordo com os minutos de uso para falar, uso da internet, pacotes e promoções com ou sem aparelho, use aplicativos para lhe ajudar:

Pricez – é possível simular o valor de planos pós-pagos; controle; de internet; empresa e pré-pagos.

Anatel – o aplicativo possibilita que o usuário tenha acesso, em mapas, das estações de antenas de telefonia celular licenciadas e ativas em cada município, além da tecnologia e qualidade dos serviços de voz e dados de cada operadora.

Veja qual é a melhor operadora de celular do Brasil

Tipos de planos de telefonia móvel

Cada pessoa tem um perfil diferente de utilização dos celulares, que se torna um fator crucial na hora de escolher o melhor plano:

  • Pré-pago: é o plano mais comum entre os brasileiros (75%) e sua principal característica são os pacotes e serviços que podem ser contratados por um valor determinado. Esta é uma opção para quem deseja controlar os gastos.
  • Pós-pago: é aquele em que o usuário utiliza e só paga pelos serviços que utilizou. Ideal para pessoas que não utilizam o celular com frequência e mantêm maior controle sobre os gastos. Essa opção é para quem sabe economizar na conta do celular.
  • Empresarial ou Corporativo: os planos voltados para empresa podem ser bastantes vantajosos para aquelas pessoas que trabalham falando ao celular e precisam de ligar para várias operadoras. Em caso de grandes empresas, utilizar um plano corporativo pode ajudar a gerir melhor as despesas com telefonia móvel.
  • Familiar: as operadoras também possuem planos para que os parentes ou amigos possam falar entre si por baixos preços ou até mesmo sem pagar. Se você não desgruda do celular e fala muito com os seus familiares, pode ser vantajoso.

Curiosidades sobre os planos oferecidos pelas operadoras de celular

É muito simples e muitas pessoas não sabem:

  • Os planos e as tarifas aplicadas aos planos pré-pagos são geralmente mais caras;
  • É possível controlar o gasto no plano pós-pago, solicitando o bloqueio após determinado valor;

Analise a reputação das operadoras

Assim como você deve fazer com qualquer outra empresa, antes de escolher a operadora de celular é necessário realizar uma análise das companhias disponíveis no mercado e verificar qual a reputação de todas elas perante o público consumidor. Em primeiro lugar, verifique se a operadora entrega aquilo que está prometendo, principalmente em se tratando da cobertura de rede e de internet.

As operadoras de celular estão entre os principais alvos de reclamações no PROCON. Por isso, antes de assinar o contrato de adesão é recomendado analisar se as empresas costumam resolver os problemas com os consumidores de forma amigável, bem como o número de processos judiciais que receberam nos últimos anos.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...