O que vale a pena comprar na Black Friday

Saiba quais foram os itens mais comprados e com maiores descontos no ano passado e veja o que vale a pena comprar na Black Friday 2017.

Em 2016, a Black Friday brasileira atingiu R$ 1,9 bilhões em vendas em lojas online e físicas. As categorias mais buscadas foram eletrodomésticos, eletrônicos, viagens, moda, informática, casa e decoração. Esse ano, o
evento acontece dia 24 de novembro e segundo um estudo do Serasa Consumidor vale a pena comprar na Black Friday para três em cada 10 brasileiros.

A pesquisa ouviu 4.301 pessoas em todo o país entre os dias 17 e 24 de outubro. Os itens mais desejados pelos brasileiros são eletroeletrônicos (37%), roupas, calçados e acessórios (21%), telefonia (18%), informática
(14%), viagens (6%) e outros (5%). Além disso, 41% pretende gastar mais de R$ 1 mil nas compras!

É inegável que os descontos são atrativos, chegando a 80% em algumas lojas e e-commerces, mas é preciso ficar atento para não se deixar levar e acabar gastando mais do que deve. Muitos comércios aumentam os preços poucos dias antes da Black Friday e abaixam no dia para dar a falsa impressão de desconto, e para isso os sites de comparação de preços, como Zoom e Buscapé, podem ser usados para confirmar quais ofertas realmente valem a pena e quais são furada.

Veja 8 sites seguros para comprar na Black Friday

O que vale a pena comprar na Black Friday

O Zoom coloca um selo nos produtos cujos descontos são reais e que vale a pena comprar na Black Friday; essa análise é feita tendo como base um histórico de preços do quanto o produto custava na semana anterior da oferta, e aí o consumidor faz a compra com mais certeza do que está levando pra casa.

Já no Buscapé as ofertas com o selo Black Friday são aquelas que apresentam os preços mais baixos dos últimos 30 dias. É possível conferir um gráfico com o histórico de preços do último mês abaixo da descrição do produto e comprovar se aquela é uma boa oferta.

Os produtos com a maior média de desconto na Black Friday 2016

Ainda faltam alguns dias para saber com precisão o que vale a pena comprar na Black Friday, mas dá para se basear nos produtos mais comprados no último ano para ter ideia das médias de descontos que serão oferecidas.

O site Black Friday divulga as ofertas e descontos apenas no dia 24 de novembro, mas alerta que os produtos mais buscados pelos consumidores são eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Segundo o Buscapé, os dez itens mais comprados na Black Friday do ano passado e com maiores descontos foram:

  • Smart TV Samsung Série 6 55’ LED: desconto de R$ 1.205,83 no preço original;
  • iPhone 6 64GB: desconto de R$ 666,91;
  • Geladeira Brastemp Inverse Maxi Inox 573L: desconto de R$ 402,45;
  • Notebook Dell Intel Core i5 1TB: R$ 308,45;
  • Smart TV LG 43” LED: desconto de R$ 300;
  • Motorola Moto X Force: desconto de R$ 280,09;
  • Lava e Seca Samsung Frontal 10,1 Kg: desconto de R$ 230,10;
  • Ar condicionado Split Springer 9000 BUTs Quente/Frio: desconto de R$ 140,94;
  • Tênis New Balance 565: desconto de R$ 96;
  • Tênis Adidas Springblade: desconto de R$ 200.

Veja em que momento acontecem as melhores ofertas

A Black Friday acontecerá a partir da meia-noite às 23h59 do dia 24 de novembro, uma sexta-feira. Segundo o site Zoom, os horários de pico são a virada da meia noite de quinta para sexta-feira até por volta das 2h da
manhã e o horário de almoço, entre 12h e 14h. Depois das 18h o fluxo nos sites também costuma aumentar, mas não tanto quanto nos outros horários.

A dica é madrugar se quiser conseguir as melhores ofertas e não ter preguiça de pesquisar os melhores preços e a reputação dos sites. Fuja dos horários de pico, nem que para isso precise passar a madrugada em frente ao
computador pesquisando o que vale a pena comprar na Black Friday.

Ao longo do dia também acontecem novas promoções, principalmente quando a Black Friday está para acabar. Porém, nesse momento não há grande variedade dos itens, então você terá que se contentar com o que tiver disponível.

Os consumidores já podem se cadastrar no site da Black Friday para ter acesso a ofertas que abriram somente na data. Criar um alerta de preços no Zoom e Buscapé é uma boa saída para garantir a compra em horários
alternativos.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...