Nome sujo caduca depois de 5 anos?

É importante estar atento às possíveis formas de negociação de dívidas a fim de quitá-las. E se você tem está esperando o nome sujo caducar, leia este artigo.

Está com restrições de crédito e resolveu esperar para ver se o nome sujo caduca para voltar a buscar crédito? É muito comum ouvir dizer que uma dívida não paga caduca após 5 anos, deixando de constar nos cadastros de devedores de órgãos como o SPC e Serasa. No entanto, isso não é verdade. A dívida deve sim deixar de constar nestas listagens de proteção ao crédito após 5 anos, mas ela não caduca. Isso só acontece se a entidade não cobrá-la dentro deste período. Uma vez feita a cobrança e mesmo passados 5 anos de inadimplência, a empresa não tem mais permissão para cobrá-la, mas quem contraiu o débito ainda tem, em tese, a obrigação de quitá-la, pois a dívida não deixa de existir.

Veja como renegociar dívidas com bancos

Uma forma de consultar se seu nome está sujo, quais dívidas possui e como negociá-las online é se cadastrando no site do Serasa, na opção "Limpa Nome", ou no site do SPC, no "Consumidor Positivo". Muitas pessoas recorrem a outras instuições financeiras em busca de empréstimos para pagar o que devem, mas isso pode transformar a situação numa bola de neve. O mais recomendando é negociar as dívidas e buscar formas de ganhar dinheiro para quitá-las em dia.

Como saber se seu nome está sujo

Sim, é possível saber se o seu nome está sujo e sem ter que pagar nada por isso. No Brasil existem três principais bancos de dados de inadimplência: SPC, SCPC e Serasa. Em todos é possível fazer uma consulta online, sendo no que SPC a consulta não é gratuita. Confira como fazer a consulta para saber se o seu nome está sujo:

Aproveite para tirar as suas dúvidas se vale ou não a pena fazer um empréstimo para pagar as suas dívidas. E lembre-se, caso esta seja a sua opção, existem alguns requisitos básicos para conseguir fazer o empréstimo: 

  • Ter mais de 18 anos
  • Ter residência fixa no Brasil
  • Apresentar RG (Carteira de Identidade) ou Carteira de Motorista (CNH) e CPF
  • Apresentar comprovante de residência e de renda atualizado
  • Não estar com restrições cadastrais no SPC/Serasa/CCF/Cadin etc
  • Oferecer referências comerciais ou familiares
  • Possuir número de telefone e DDD fixos e celulares
  • Comprovar renda mensal

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...