6 regras de ouro para negociar uma oferta de emprego

Se a proposta não é o que você esperava vale a pena negociar uma oferta de emprego. Veja dicas para surpreender durante a entrevista.

O mercado de trabalho vive dias complicados no país, e conseguir uma entrevista infelizmente tem sido raridade entre os mais de 14 milhões de desempregados brasileiros. Negociar uma oferta de emprego, então, parece impossível, já que no desespero de se ver sem renda muitos aceitam qualquer oportunidade sem pensar duas vezes, mesmo que os benefícios não sejam nada vantajosos e o salário seja abaixo da média.

Negociar para concretizar

De um lado, a empresa, que busca funcionários qualificados, está com o poder nas mãos e pode ditar as regras; do outro, o candidato, que muitas vezes é perfeito para a vaga, mas sente que merece mais do que está sendo
oferecido. Chegar num consenso pode ser difícil, mas não é impossível, principalmente se alguns princípios forem seguidos. Saiba quais são eles.

4 benefícios trabalhistas para negociar além do salário

1. Considere o trabalho como um todo, e não apenas o salário

Muitas vezes uma remuneração parece vantajosa à primeira vista, mas ao encarar todo o quadro de responsabilidades e atribuições o funcionário vê que aceitou uma proposta ruim; da mesma forma, começar ganhando menos em uma empresa onde terá chance de crescer e ser visto é bom para quem está em
início de carreira.

Leve em conta todos os prós e contras da vaga que está sendo oferecida antes de negociar uma oferta de emprego. A partir daí você saberá quais são suas prioridades – horário mais flexível, benefícios, chances de
promoção, etc – e poderá dar as cartas.

2. Saiba o que você merece

É necessário justificar ao empregador o porquê da sua proposta, e você precisa saber o motivo pelo qual a está fazendo. Se sente que merece mais porque já é um profissional qualificado na área, diga isso, de forma que
não soe prepotente, mas confiante. Saber seu valor é uma forma de se impor no mercado.

Se não tiver uma boa justificativa para negociar uma oferta de emprego soará arrogante, então pense bem sobre o que quer antes de participar da entrevista de emprego. Negociar só por negociar é perda de tempo e te fará ser mal visto.

3. Negocie todos os pontos de uma vez

Poupe seu tempo e do empregador: se não gostar de diversos pontos deixe claro de uma só vez ao invés de fazer propostas separadamente. Você ganhará pontos pela firmeza e honestidade, e ele decidirá com mais rapidez se aceita ou não suas solicitações.

Deixe claro também quais pontos são essenciais para você ao negociar uma oferta de emprego e em quais você pode ser mais flexível. Por exemplo, se não trabalhar de fim de semana é importante para que você fique com a família deixe claro, e diga que receber um pouco menos para ter esse tempo livre é uma possibilidade.

4. Saiba com quem e quando negociar

Dificilmente você conseguirá negociar uma oferta de emprego em uma empresa com centenas de pessoas concorrendo para a mesma vaga que você – nesse caso, vale a regra do “se tu não quer tem quem queira”. Já uma empresa de menor porte ou que está começando as atividades com certeza será mais flexível ao analisar sua proposta.

O mesmo vale para o momento da negociação, que deve ser feita já na entrevista de emprego para evitar perda de tempo de ambas as partes. Aceitar a vaga e depois fazer as solicitações te fará começar com o pé esquerdo – ou nem começar.

Como recusar uma oferta de emprego e deixar a porta aberta

5. Mostre interesse e humildade

Você não está em posição de fazer intimidações e exigir algo. Mostre que está, sim, interessado na vaga e gostaria de fazer parte do quadro de colaboradores da empresa, mas que ficaria mais satisfeito com melhores
condições.

Uma coisa que irrita ao máximo os recrutadores é perceber que alguém quer negociar uma oferta de emprego para, no final, desistir do cargo, ou quando o candidato afirma que outras empresas lhe ofereceram propostas melhores. Seja confiante, mas acima de tudo humilde.

6. Mantenha contato

Não se faça de difícil depois de negociar uma oferta de emprego. Mostre interesse e, se depois de alguns dias ninguém der uma resposta, entre em contato para saber em que pé anda o processo seletivo. Só tome cuidado para não ser invasivo e irritante: apenas se coloque à disposição e reafirme seu interesse na vaga.

Se não der certo, agradeça pela oportunidade e saiba que o que não é negociável hoje pode ser negociável no futuro. O simples fato de reforçar seu valor e pedir uma proposta mais vantajosa, de forma educada, humilde e
confiante, fará com que você se destaque frente a outros candidatos.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...