3 motivos para você não fazer um consórcio de carro

Está pensando em comprar um carro novo, mas não tem dinheiro para pagar a vista? Veja aqui 3 motivos para você não fazer um consórcio de carro neste caso.

Fazer um consórcio pode parecer uma maneira de alcançar seu sonho, comprar aquele imóvel, fazer uma festa, realizar uma cirurgia plástica e adquirir um veículo, ele se apresenta em todos esses casos como um facilitador para alcançar o que deseja, mas na prática pode não ser bem assim, veja 3 motivos para você não fazer um consórcio de carro.

Qual o melhor: poupança ou consórcio automóvel?

O que é consórcio de carro

O consórcio de carro é nada mais nada menos que um grupo de pessoas reunidas com o objetivo de comprar um determinado produto, no caso, um automóvel. Essas pessoas assinam um contrato junto a uma administradora que fica responsável por controlar e gerir o consórcio.

Os membros do consórcio de carro pagam uma parcela fixa pré determinada durante o período acordado, por exemplo para adquirir um carro de R$30 mil, o consórcio pode ser de 60 meses com uma taxa de R$ 600 mês. Isso significa que durante todo este período todos os participantes pagarão esta taxa por mês.

Mas o que diferencia um consórcio de um financiamento comum, é que para conseguir valores melhores, todas as pessoas não conseguem o carro imediatamente e depois pagam até o final do prazo. No consórcio de carro, uma pessoa do grupo é sorteada por mês para pegar a carta de crédito que será usada para comprar o veículo.

No final do consórcio todos terão recebido a carta de crédito, mas datas diferentes. Você pode ter a sorte de sair no primeiro mês e ser o primeiro a adquirir o bem, e ficar pagando o período de 60 meses, ou receber por último, depois de quitar tudo.

3 motivos para não fazer consórcio

Analisando o sistema de consórcio você pode encontrar vantagens e desvantagens para sua situação. No caso do consórcio de carro encontramos 3 motivos para não entrar em um:

1 – O primeiro motivo é um dos que mais pesam na hora de não escolher um consórcio: a falta de prazo definido. Se você quer adquirir um bem, dificilmente quer esperar 5 anos para recebe-lo.

2 – Outro ponto controverso do consórcio é que você está pagando para usar seu próprio dinheiro. Pense bem, no caso do financiamento você pega um empréstimo para agilizar a compra na hora. No caso do consórcio você paga mensalmente junto com outras pessoas e ainda paga uma taxa de administração para usar o dinheiro de vocês, essa taxa pode chegar a mais de 20% do valor o que torna um mal negócio.

3 – Além disso, existe um grande risco de inadimplência dentro do grupo, e normalmente essa inadimplência afeta aos outros que fazem parte da concessão, assim como pessoas que desistem, nestes casos fazendo com que o valor aumente.

Vale a pena comprar consórcio contemplado?

Conclusões

Se você não está com pressa para o produto veja aqui uma solução melhor do que o consórcio de carro. Fazendo uma simulação em um site de investimento no Tesouro Direto se você pegar a taxa de R$600 como demos no exemplo por 60 meses, e investir no tesouro IPCA no final deste período você terá em sua conta aproximadamente R$37.258,67. Enquanto que no consórcio você terá pago R$36 mil reais e receberá um prêmio de R$30 mil.

Antes de tomar uma decisão de entrar no consórcio de carro, avalie suas outras possibilidades, as vezes existem negócios mais oportunos. Mas, caso resolva adquirir um consórcio mesmo assim, analise bem o contrato, tire todas as dúvidas sobre como funciona, questão de desistências e inadimplências entre outras coisas.

Aqui no Hintigo temos diversos artigos que certamente te ajudarão a tomar melhores decisões financeiras. Pesquise, sem preguiça, e tenha uma vida mais confortável fazendo as escolhas certas!

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...