As habilidades mais procuradas em quem trabalha no mercado digital

O mercado digital é uma área em expansão e em constante mudança. Por isso é essencial para o profissional digital ser capaz de mostrar habilidades específicas

O mercado digital está em constante expansão e, com isso, novos tipos de empregos e de profissionais estão surgindo. Por um lado as empresas entendem a necessidade de se adequar às novas tecnologias e por outro, os profissionais autônomos têm enxergado no digital uma grande oportunidade de trabalho.

Hoje em dia é praticamente obrigatório que qualquer empresa tenha website, página ofical de Facebook e canal no Youtube. Com isso surgiram novas profissões como gestor de comunidades e analista de redes sociais.

A grande vantagem dos empregos do mercado digital é a possibilidade de trabalhar a partir de qualquer lugar e com flexibilidade de horários. Graças ao fácil acesso às novas tecnologias, muitas empresas já não exigem que o funcionário esteja presencialmente no escritório. No entanto, há habilidades específicas que os executivos do mercado valorizam na hora de contratar um profissional.

Habilidades profissionais valorizadas no mercado digital

1 – Falar outros idiomas – O inglês hoje em dia é exigido pela maioria das grandes empresas. Para o profissional do mercado digital é ainda mais importante falar inglês e, de preferência, também outras línguas. Com a internacionalização dos negócios, as empresas precisam de profissionais capacitados para resolver problemas corporativos, participar em reuniões e conseguir lidar com pessoas de diferentes culturas e línguas.

2 – Disponibilidade de horário – O profissional dessa área tem que estar disponível para atender o telefone, ou fazer uma conferência a qualquer hora do dia. O mercado digital é global e isso significa ter de lidar com diferença de fusos horários. Portanto, a flexibilidade de horários é uma via de mão dupla, na qual o profissional é beneficiado mas também tem de ser flexível.

As competências que chamam a atenção nos currículos

3 – Dividir responsabilidades – A hierarquia horizontal é uma forte tendência atualmente nas empresas. Isso significa que tem havido uma descentralização do poder e, em contrapartida, um novo modelo de partilha de decisões e responsabilidades tem ganhado lugar. O profissional que pretende atuar no mercado digital tem que estar preparado tanto para tomar decisões, como para dar poder de decisão aos outros.

4 – Capacitade de interação – Os clientes estão mais exigente e querem mais atenção por parte das empresas e das marcas que consomem. Seja pelo Facebook, Twitter ou outros canais igualmente relevantes, os clientes querem manter um relacionamento com a marca. Os profissionais do mercado digital tem que estar habilitados para desempenahar bem esta tarefa.

5 – Ter soft skills Simpatia, capacidade de trabalhar em equipe e facilidade de manter relacionamentos interpessoais contam muito para quem quer entrar para o mercado digital. As soft skills dizem respeito à personalidade do profissional e são bastante valorizadas. Trata-se de espírito colaborativo, que reflete diretamente no rendimento da equipe.

6 – Ser participativo – As empresas buscam funcionários que queiram ajudar a empresa a crescer, implementar ideias, sugerir mudanças e ser capaz de criar algo novo. Ou seja, as empresas do mercado digital buscam, e precisam, de funcionários empreendedores e criativos.

Veja também:

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...