MasterCard testa substituir senha de pagamento por selfie. Entenda como funciona o mecanismo

Com o crescente índice de roubo de dados, clonagem e invasão de informações confidencias, os meios de proteção estão sempre criando alternativas mais eficazes.

Com o crescente índice de roubo de dados, clonagem e invasão de informações confidencias, os meios de proteção devem estar sempre se renovando e criando alternativas cada vez mais difíceis de serem burladas. Conheça as técnicas já aplicadas e as inovações que surgem a fim de reduzir os riscos.

Qual o melhor cartão de crédito internacional

A proteção biométrica

Uma vez que as senhas alfanuméricas são os meios de maior facilidade para que criminosos descubram, investir na biometria é o primeiro passo para tornar o acesso individual completamente intransferível. Além da já conhecida impressão digital e introduzida em nossa realidade, como em alguns caixas eletrônicos, a biometria já tem a capacidade de reconhecer a íris, as veias oculares, o formato das orelhas, a voz, a estrutura das mãos e, claro, a face do indivíduo.

Seguido da impressão digital, o reconhecimento facial já vem sendo apresentado aos poucos e corrigindo suas falhas, principalmente relacionadas ao reconhecimento aplicado no desbloqueio de tela dos novos smartphones. Se existem pessoas próximas que conseguem “burlar” o reconhecimento facial e efetuar o desbloqueio de um aparelho móvel, você confiaria o seu acesso bancário a este sistema biométrico?

Como usar o cartão de crédito a seu favor

Pay by Selfie: o aplicativo de compras online da MasterCard

Assim como o nome do app sugere, a empresa de cartões de crédito desenvolveu uma plataforma na qual o cliente pode efetuar suas compras online e pagar a transação tirando uma selfie. Além da novidade, a empresa também perguntará ao usuário se ele deseja utilizar o sistema de reconhecimento facial ou suas digitais para efetuar o pagamento.

Se optar pela selfie, o usuário deverá segura-lo contra si mesmo e piscar. Sim, o ato de piscar foi introduzido como mais uma maneira de evitar fraudes, como a de um criminoso segurar uma foto sua diante da câmera. E não se preocupe, as fotos tiradas permanecerão em seu smartphone. No app, elas serão apenas convertidas em dados binários e transmitidas online à operadora de crédito.

Inicialmente, o aplicativo está em teste apenas nos Estados Unidos, tendo selecionado cerca de 500 consumidores para ter acesso à tecnologia. Se o resultado for positivo, a MasterCard irá liberar o uso para os demais clientes. A empresa também informou parceria com nomes como a Apple, Blackberry, Google, Microsoft e Samsung.

Visa ou MasterCard: Qual a melhor bandeira de cartão de crédito

Outras maneiras de substituir as senhas

A MasterCard, além da novidade do aplicativo Pay by Selfie, vêm estudando outras maneiras de abrir mão das senhas. Uma delas é o reconhecimento de voz e a outra vem de um investimento na empresa canadense Bionym, que busca desenvolver uma nova tecnologia que substitua as senhas por batimentos cardíacos.

Em junho de 2015, a empresa britânica Intelligent Environments apresentou sua própria solução para elevar a segurança de dados: substituir os números de 0 a 9 por combinações entre 44 opções de emojis, elevando as probabilidades de combinação e reduzindo riscos de crimes de invasão.

Veja também:

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...