Como usar o limite do cheque especial sem pagar juros

Para muitos brasileiros, o limite do cheque especial já está incluído no orçamento doméstico, porém, isso não é saudável para a vida financeira. Saiba mais:

Por ser um tipo de empréstimo rápido e sem burocracia, o cheque especial acaba atraindo muitas pessoas, principalmente aquelas que não tem um bom controle financeiro. Se você é uma delas e recorre ao cheque especial quase todo mês, saiba que está pagando um dos juros mais altos do mercado. Veja neste artigo como usar o limite do cheque especial sem pagar juros.

Segundo pesquisa do pesquisa do SPC Brasil, 51% dos brasileiros que possuem cheque especial desconhecem as taxas de juros. Porém, ao mesmo tempo, ao lado do cartão de crédito, o cheque especial é uma das modalidades de crédito mais utilizadas pelos brasileiros.

Juros de cheque especial: entenda como funciona e como é calculado

O que é

Como o próprio nome diz, limite é quanto você pode gastar no cheque especial, sem ter esse dinheiro na conta. Ou seja, quanto o banco empresta para você sem burocracia, você usa normal, no débito ou saque, como se tivesse dinheiro na conta. Porém, você está pagando juros altos utilizando o limite do cheque especial.

O seu limite vai depender do seu perfil bancário, ou de quanto você solicitar na hora de abrir uma conta corrente.

Como saber o limite do cheque especial

No extrato da conta corrente estão todas as informações sobre o seu cheque especial, como valor do limite, taxas, custo efetivo total (CET) e valores dos encargos, vencimento e data de débito.

Para solicitar um aumento do valor do limite do cheque especial você precisa procurar a sua agência, que fará análise cadastral e informará sobre a possibilidade de aumento do seu limite de cheque especial.

Como usar o cheque especial sem se endividar 

Juros de cheque especial

Não é por acaso ou a toa que nenhum especialista recomenda que você nunca entre no cheque especial. Ele tem uma das maiores taxas de juros do mercado.

Cada banco é livre e determina por si só a taxa de juros aplicadas à esse tipo de cobrança. Em junho de 2017, a taxa de juros de cheque especial ficou em 322,6 % ao ano, com redução de 2,5 pontos percentuais em relação a maio.

Nos últimos meses, essas são as taxas praticadas pelos maiores bancos do Brasil:

  • Caixa Econômica Federal – 13,55%
  • Banco do Brasil – 12,84%
  • Bradesco – 13,41%
  • Itaú – 13,15%
  • Santander – 15,35%

Tipos de empréstimos: quais são e qual escolher

Como transferir o limite do cheque especial para o cartão

Pouca gente sabe, mas é possível transferir o seu limite do cheque especial para o cartão de crédito ou para o empréstimo pessoal e consignado. Esse serviço se chama gerenciamento personalizado dos limites de crédito e está disponível em três grandes bancos brasileiros, essa pode ser uma boa ferramenta de planejamento financeiro, desde que utilizada com consciência.

Confira quais os bancos já oferecem esse serviço e como eles podem ser feitos:

  • Itaú Unibanco – oferece esse serviços a  todos os correntistas e pode ele ser gerenciado pelo do internet banking, nos caixas eletrônicos, pelo telefone e nas agências. É válido para os produtos cheque especial (LIS), crédito pessoal e cartão de crédito.
  • Banco do Brasil – o banco permite que os clientes transfiram os limites do cheque especial e do empréstimo pessoal ou consignado para o cartão de crédito, e vice-versa. A operação pode ser feita nas agências ou nos canais de autoatendimento (aplicativo, internet banking e caixas eletrônicos).
  • Bradesco – nele, o cliente que quiser o serviço deve contratar, gratuitamente, o Crédito Flex Bradesco. Isso pode ser feito nas agências, no internet banking, na central de atendimento do banco por telefone ou em caixas eletrônicos.

É um recurso interessante, mas saiba sempre que não deixa de ser um empréstimo e que esse dinheiro não é seu. Por isso, se programe e saiba corretamente o que você está gastando e quanto terá que pagar por isso.

5 mitos financeiros que fazem você se sentir culpado

Não deixe que o limite do cheque especial te endivide

Nesta altura do campeonato, você já percebeu que o limite do cheque especial pode parecer, mas não é algo positivo. Mantenha o controle das suas contas, sempre.

Na modalidade do cheque especial, na maioria dos bancos, há um prazo de dez dias antes que comecem a ser cobrados os juros de cheque especial. Se você realizar o pagamento dentre esses dias, não pagará nada a mais. Por isso, em casos de extrema urgência, se precisar do limite do cheque especial, tente pagar dentro desse prazo. Mas se for algo mais sério e a longo prazo, procure por outros tipos de empréstimos.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...