Lançamento de carros 2018: confira o que vem por aí

Confira o que está para chegar ao mercado brasileiro no lançamento de carros 2018, com modelos sendo remodelados e outros ainda desconhecidos no país.

Apesar de ainda estarmos na metade de 2017, é nessa época do ano que a indústria automotiva começa a se mexer para anunciar os lançamentos da próxima temporada. O lançamento de carros 2018, portanto, deve se intensificar a partir de agora, seguindo ao longo do ano.

As grandes novidades: lançamento de carros 2018

Confira seis dos modelos mais aguardados para a próxima temporada, com previsão de lançamento no Brasil e no mundo. Alguns são modelos inéditos, outros serão versões repaginadas de carros que já fizeram sucesso por aqui, como o modelo que abre a lista.

Novo Volkswagen Polo

Apresentado em junho, em Berlim, capital da Alemanha, o novo VW Polo deverá ser o substituto do Gol, que depois de 37 anos sendo produzido e fabricado no Brasil terá uma justa aposentadoria.

Na sua terra natal, o Polo custa aproximadamente R$ 50 mil, o que confirma de certa forma a expectativa de que ele será mesmo um modelo intermediário, entre o popular Fox e o premium VW Golf.

Com o lançamento de carros 2018, já se sabe que o Novo Polo será maior do que o modelo antigo que foi vendido por aqui, com razoáveis 2,56 metros de distância entre eixos, o que não é ruim para um hatch.

Os carros mais vendidos de 2017

Volkswagen Virtus

Junto com o Polo será lançada sua versão sedan, o VW Virtus. A produção começará em novembro, com as vendas tendo início no começo de 2018. Tanto o Polo quanto sua versão sedan serão fabricados sobre a plataforma MQ8-A0, quase idêntica à do Golf.

Sobre o Virtus, ao contrário do Polo, não há muitas informações, mas sabe-se que ele terá dimensões iguais às do Jetta, o que não deixa de colocar em dúvida a permanência do sedan da VW no mercado brasileiro. É aguardar para ver.

O que também se sabe é que o Virtua competirá no mesmo segmento do Honda City, e deverá custar algo na faixa de R$ 60 mil.

Renault Alaskan

A Alaskan será o modelo inaugural da Renault numa categoria em que até 2018 não terá representante, a de picapes médias. O pioneirismo da Alaskan, no entanto, não será de produção nacional, já que os primeiros modelos a serem vendidos por aqui virão importados da vizinha Argentina. A apresentação será em novembro, no Salão de São Paulo.

A potência da picape, estimada em aproximadamente 160 cv, deverá colocá-la num segmento acima das campeãs de vendas Fiat Toro e Fiat Strada. Sendo assim, já é grande a expectativa por mais essa novidade em meio ao lançamento de carros 2018.

Lifan X80

As montadoras chinesas ainda não são um sucesso de vendas no conservador mercado automotivo brasileiro, em parte porque seus modelos são recebidos com desconfiança justamente por serem mais baratos.

Tal justificativa não deverá valer para o próximo SUV de luxo da Lifan, que deverá figurar como lançamento de carros 2018 de destaque numa categoria que cresce mundialmente, a de esportivos utilitários.

Já lançado na China, de onde provavelmente será importado, o X80 deverá custar no início de 2018 cerca de R$ 110 mil. O mais provável é que o SUV se coloque numa faixa de mercado igual à do Volkswagen Tiguan.

Os carros mais resistentes do mercado

Golf GTE

Não surpreenderia uma nova geração do Golf em 2018 dentro da consagrada linha GT da VW. Mas, no caso do Golf GTE, teremos uma novidade: será a primeira versão GT com motor elétrico da história.

A proposta é aliar o tradicional motor 1.4 de 150 cv com um novíssimo motor elétrico, que deverá ter 102 cv de potência. Chama a atenção também a autonomia prometida, que somando motores a combustão e elétrico deverá chegar a incríveis 880 quilômetros.

Nissan Leaf

O ano de 2018 também deverá marcar o lançamento da segunda geração de um outro carro elétrico, o Nissan Leaf, o mais vendido do mundo na categoria.

A principal modificação no Leaf deverá ser no design, que vai atender aos motoristas mais conservadores. Isso porque uma das reclamações mais recorrentes contra os carros elétricos é justamente seu jeito exageradamente futurista. Não é porque é ecologicamente correto que ele não deve parecer com um carro, não é mesmo?

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...