5 hábitos matinais que acabam com a sua produtividade

Responder e-mails, preparar listas de afazeres e checar notificações estão entre eles. Veja como aumentar a sua produtividade abolindo alguns hábitos.

O tempo passa e a cada novo fim de expediente temos a sensação de que o dia não foi aproveitado como deveria, e que sua produtividade vem decaindo nas últimas semanas. Fórmulas para aprimorar rendimento e adotar novas rotinas estão sempre em processo de renovação, no entanto algumas regras de ouro são imutáveis, e gerir o seu tempo com base nelas pode ser tudo o que precisava para ser mais produtivo e otimista a partir do momento em que se levanta da cama.

De um modo geral, as pessoas se dividem em dois perfis quando o assunto é produtividade: os notívagos, que dormem tarde e acordam tarde, e os madrugadores, que dormem e acordam cedo. Portanto, se você pertence ao primeiro grupo, certamente algumas rotinas matinais não farão muito sentido, já que acordar cedo é o mesmo que permanecer sonolento até a hora do almoço. A seguir, as rotinas se mesclam, podendo ser adotadas por ambos os grupos, sempre de acordo com o organismo de cada um.

4 hábitos diários que deixam as pessoas as mais motivadas

1. Celular ainda na cama

Você nem acordou direito e já está de olho nas notificações que recebeu durante a madrugada, certo? Se você é uma exceção à regra, continue assim, pois acordar já de olho no tablet ou no smartphone é o primeiro sinal de que seu dia definitivamente será improdutivo. Despertando dessa maneira você possivelmente está ditando o resto do seu dia com base em olhadelas frequentes para o smartphone, mesmo que não tenha nada de novo ali.

Então ao invés de acordar, tirar o aparelho da tomada e fazer todas as suas tarefas no piloto automático sempre com um olho nas redes sociais, deixe para conferir as notificações só depois que chegar no trabalho e estiver pegando fôlego para começar de fato os trabalhos do dia.

2. Checar e-mails antes de mais nada

E é aqui que você se engana mais uma vez. Se até então a prática de checar os e-mails enquanto toma o seu café era a melhor forma de aproveitar seu tempo, pode ser que tenha de mudar esse hábito.

Para pessoas madrugadoras, o horário nobre da produtividade acontece durante a manhã, então se esse é o seu caso, pra que perder essa oportunidade realizando uma tarefa tão automática quando responder e-mails? Dedique esse período para atividades que demandam mais criatividade, como organizar ideias para um projeto, preparar apresentações e outras onde seu raciocínio seja mais requisitado.

No entanto, caso você seja uma pessoa com hábitos mais noturnos e costuma demorar para “pegar no tranco” durante a manhã, checar os e-mails está no lugar certo da sua agenda.

3. Lista de afazeres

Te enganaram de novo com essa história de “to-do lists”. De acordo com Alessandro Saade, fundador da iniciativa Empreendedores Compulsivos “você acha que está se organizando, que está abrindo caminho para um dia produtivo, mas na verdade só está preenchendo uma lista”. Afinal, se você não tiver disciplina para cumprir o que está ali, fazer listas não irá adiantar em nada.

A questão aqui não é abrir mão das listas, mas sim estabelecer filtros para que você consiga estabelecer tarefas que realmente caibam no seu dia. Caso contrário, corre-se o risco de se tornar refém de um ciclo interminável de tarefas inacabadas – aquelas que você não acabou hoje, passam para amanhã e assim sucessivamente. Seja franco consigo mesmo: você não será otimista o suficiente para levar esse acúmulo a sério.

Faça fazê-las corretamente, determine um número possível e razoável de tarefas para cumprir dentro de 24 horas. Organização também conta muitos pontos, portanto centralize essas informações em um ou dois locais (agenda e celular são boas opções).

6 atitudes definitivas para você nunca mais chegar atrasado

4. Começar pelo mais fácil

Você provavelmente já deve ter ouvido que é mais sábio começar suas tarefas pela mais difícil, mas na ansiedade de aproveitar cada segundo do dia e se sentir mais produtivo, é possível que esteja optando pelo caminho contrário.

De acordo com o psicólogo Piers Steel, isso acontece pois somos indivíduos em busca do imediatismo, uma vez que resolver algo rapidamente elimina o estresse. No entanto, quanto mais damos margem para a realização de pequenas tarefas, mais difícil é focar-se nos objetivos maiores e mais importantes.

Além dos prejuízos em priorizar as tarefas pequenas é querer abraçar todas de uma vez. Não, você não estará sendo mais produtivo desta maneira, apenas estará fazendo tudo em menor velocidade ou em menor qualidade.

5. Se distrair constantemente

Checar suas redes sociais ou constantemente enviar mensagens pode afetar tanto a sua capacidade de atenção quanto de produtividade. Cientificamente, o cérebro humano precisa de 15 minutos de foco para então conseguir desenvolver determinada tar­efa. Após atingir esse tempo, o indivíduo entra em um alto fluxo de produtividade e tem desempenho até cinco vezes maior que o normal.

Se preferir, entretanto, continuar com o hábito de estar sempre se distraindo com internet ou celular, você pode passar um dia inteiro sem conseguir entrar nesse estado de foco, consequentemente, sem produzir como gostaria.

Uma boa dica é estabelecer horários para pegar o celular, checar suas notificações ou relaxar olhando as redes sociais. O importante é não fazer disso uma obsessão, muito menos deixar com que esse hábito te tire a capacidade de ser produtivo.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...