Como montar um guarda-roupas básico para trabalhar com até R$ 500

Para quem tem dificuldades em se encontrar em meio roupas e possibilidades, veja como montar com versatilidade um guarda-roupas básico para trabalhar.

Não adianta nem tentar justificar compras descontroladas, pois justamente para quem procura por um guarda-roupas básico para trabalhar, menos sempre é mais. Momento apressado, mas criterioso, é antes de ir para o trabalho que diversos pontos devem ser avaliados antes de escolher qual a melhor roupa para a ocasião – o que demanda um armário com boas peças funcionais.

Guarda-roupas básico para trabalhar: como começar

Nada de acumular tudo de tudo, para usar uma vez na vida. Montar um guarda-roupas básico para trabalhar é a melhor maneira de se organizar em meio a tudo o que você já tem, e tornar a sua rotina mais funcional, sem abrir mão do estilo e da formalidade que o ambiente corporativo pede.

A seguir, selecionamos peças importantes para um guarda-roupas básico para trabalhar. Prezando pela economia, os valores de referência podem ser encontrados em lojas de departamento como Marisa, C&A, Renner e Riachuelo.

6 erros comuns no look para trabalhar

Calças

Legging? Nem pensar! Jeans? Com muito cuidado e preferencialmente de cores escuras. Na sua etapa-base para escolher roupas para trabalhar estão as calças, sempre versáteis e de bons tecidos. Opte por modelos cigarrete (se não quiser fazer barra) ou mesmo flare, mais sóbrios, preferencialmente em cores que permitam variações, como o preto, bege, azul marinho e cinza.

Preço: R$ 89,95 na Marisa (cor cinza, modelo flare tecido poliéster), R$ 119,90 na Riachuelo (modelo flare alfaiataria, tecido com toque de elastano, na cor azul marinho) ou R$ 99,99 na C&A (cor preta, modelo cigarrete e tecido em algodão).

Camisas e blusas

A não ser que o ambiente de trabalho permita e o seu estilo suporte o uso de camisetas, preze por adicionar ao guarda-roupas básico para trabalhar itens como blusas e camisas, principalmente aquelas com tecidos mais fluidos, onde não há necessidade de passar. Camisas em algodão podem te dar um trabalho razoável para alisar, e devem amassar na primeira hora encostada na cadeira.

Para quem tem dificuldade em combinar, compre peças lisas de cores neutras como branco, bege, off-white ou tons pasteis. Personalidades mais extravagantes podem apostar em estampas com cores mais fortes.

Preço: R$ 99,90 na Renner (para ousar, camisa manga longa estampada em poliéster e elastano, com martingale), R$ 49,99 na C&A (blusa regata amarelo escura, em poliéster) ou R$ 79,90 na Riachuelo (modelo básico na cor branca, manga sino, em tecido de fibras naturais).

Saias e Vestidos

Para dias mais quentes, apostar em vestidos e saias no look do trabalho também são boas pedidas, mas é preciso tomar cuidado com detalhes como o comprimento, decotes e a qualidade do tecido. Nas saias, modelos lápis em cores mais escuras costumam ser as prediletas. Para ambos, opte sempre por comprimentos midi ou mais longos.

Se quiser ousar, estampas como listras, poás, florais e modelagens godê também podem ser boas pedidas.

Preço: saias por R$ 89,95 na Marisa (modelo evasê midi em crepe, cor preta) ou R$ 59,90 na Riachuelo (modelo lápis na cor azul marinho com fenda frontal, tecido em malha canelada de fibras sintéticas). Vestidos por R$ 69,99 na C&A (modelo midi em poliéster com mangas curtas e cor vinho) ou R$ 69,95 na Marisa (listrado sem mangas, em viscose, poliéster e elastano).

O que usar em uma entrevista de emprego

Terceiras peças

Para complementar essa primeira parte do look, certifique-se de ter no guarda-roupas uma terceira peça como blazers, suéteres, cardigãs, jaquetas e tantas outras opções.

As cores também podem variar entre o preto, azul marinho, branco, vermelho, cinza e marrom, para não ter erro! Para as mais ousadas, vale apostar em blazers estampados de cores mais fortes.

Preço: R$ 179,90 na Renner (blazer alongado em alfaiataria, composição poliéster, cor preta), R$ 89,99 na C&A (cardigã em tricô com babados, cor azul marinho) ou R$ 99,90 na Renner (suéter branco com listras pretas, em retilínea e gola redonda).

Sapatos e Acessórios

Não é possível montar um bom guarda-roupas básico para trabalhar sem acrescentar peças-curinga em termos de calçados e acessórios. Dentre as regras, prefira sapatos confortáveis, preferencialmente com salto anabela e de design interessante; sandálias, fique com as mais fechadas.

Atualmente, com a crescente popularidade dos sapatos Oxford, apostar em um modelito de cor preta, por exemplo, pode ser uma peça valiosa e versátil para uma infinidade de looks, inclusive para ser usado com vestidos.

Quanto aos acessórios, nunca dispense um bom par de brincos de pérolas, outro par de elementos dourados, também prateados, um par com elementos de brilho e um outro que contenha pingentes. Para os colares, dois ou três maxis colares, correntinhas douradas e prateadas e um colar de pérolas costumam dar conta do recado.

Para as bolsas, tenha sempre uma de cor neutra, que vá bem com qualquer combinação quando não estiver afim de elaborar muito o look. Em adição, tenha também um outro modelo mais chamativo e versões menores, como clutches, para situações diversas.

Preço: colar longo dourado na Riachuelo por R$ 29,90; scarpin Anabela Moleca na Marisa, por R$ 64,99; sandália anabela fechada Bebecê, por R$ 119,90; pulseira prateada com strass, por R$ 39,99 na C&A; bolsa shoulder azul marinho, por R$ 99,99 na C&A.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...