Cinco estratégias inteligentes para guardar dinheiro

Para algumas pessoas, economizar dinheiro é uma verdadeira dificuldade. Confira opções inteligentes para conseguir poupar todo mês.

Para algumas pessoas, guardar dinheiro e economizar são tarefas muito complexas, o que faz com que suas finanças estejam sempre em desarmonia. Aquela velha ladainha de que vai guardar o que sobrar no fim do mês nunca funciona, afinal, as chances de sobrar são mínimas, e mesmo que isso aconteça é bem capaz que você caia em tentação e use o dinheiro.

Sim, é importante poupar, mas igualmente importante que esse processo seja leve e simples. É como uma dieta: se você restringir a alimentação e comer apenas aquilo que não gosta as chances de sucesso serão menores. Nesse caso, se você cortar os gastos em áreas como lazer e alimentação e investir numa poupança (cujo rendimento é infimo) é bem provável que seu processo de economizar dure, no máximo, um mês.

A boa notícia é que existem estratégias mais inteligentes e interessantes para quem quer guardar dinheiro de forma consciente. Veja qual combina mais com seu estilo de vida e abandone de vez o cofrinho.

Como o truque dos 5R pode ajudar a economizar dinheiro

1. Tenha objetivos financeiros claros

Se você simplesmente guardar dinheiro sem saber o que fazer com ele ficará desmotivado e as chances de deixar a economia de lado serão maiores. Trace metas claras, como dar entrada em um financiamento imobiliário ou fazer sua primeira viagem internacional, descubra o quanto precisa para alcançar esse
objetivo e divida esse valor pela quantidade de meses até realizar seu sonho.

Quando seus objetivos são específicos, realistas e atingíveis fica mais fácil permanecer motivado em longo prazo e deixar de gastar naquele item supérfluo que você viu na vitrine.

2. Automatize suas economias

Ao invés de obedecer a velha ladainha de guardar o que sobrar ao fim do mês – afinal, sejamos sinceros, quando é que temos dinheiro sobrando? – você pode programar sua conta bancária para depositar determinada quantia na poupança todo dia X. Depois, sim, você poderá gastar o que sobrou na conta corrente.

O ideal é fazer esse processo logo após o salário cair na conta; assim você não “vê” quanto dinheiro havia no total e aprende a se planejar com a quantia que restou. Aos poucos você verá o saldo da poupança subindo, o que com certeza será animador.

3. Prepare suas refeições para a semana toda

As áreas onde as pessoas têm mais dificuldade para economizar são alimentação e lazer. Se você deixar a preguiça de lado pode correr para o supermercado e comprar os mantimentos para preparar as refeições da semana, algo que te fará poupar uma boa quantia que seria gasta com restaurantes.

Não faltam pesquisas que provam que comer em casa ou levar marmita para o trabalho sai muito mais em conta do que recorrer ao restaurante ou delivery todo dia. Além disso, você coloca a criatividade para funcionar e, de quebra, pode preparar refeições mais saudáveis. Que tal poupar dinheiro e calorias?

4. Calcule quanto custa sua hora

Calma, vamos explicar. Imagine que você vê um par de sapatos maravilhosos cujo preço é R$ 120. Pense no quanto você ganha por hora no seu trabalho, e quantas horas precisaria trabalhar para comprar esse produto. Se você recebe, por exemplo, R$ 7 a hora, você teria que trabalhar quase 18 horas para juntar essa quantia – pouco mais de dois dias, caso sua jornada diária seja de oito horas.

E aí, vale a pena? Se te pareceu exaustivo você pode seguir em frente; caso contrário, você pagará sabendo o custo total da compra.

Conheça o método dos envelopes para organizar as finanças

5. Espere 48 horas

Foi ao shopping e viu um casaco lindo que você precisa comprar ou encontrou uma promoção imperdível de livros que só vai até o fim da semana? Não compre na hora, deixe para dali dois dias.

Sim, você corre o risco do casaco ser comprado e da promoção acabar. Ao mesmo tempo, você pode perceber que se tivesse gasto o dinheiro naquela compra teria cometido uma extravagancia desnecessária. Esse processo te ajuda a definir o que é uma necessidade daquilo que é uma gratificação.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...