As áreas com mais empregos fora do Brasil

Diante de uma diversidade de profissões saturadas mundo afora, conheça as áreas que realmente se encontram em carência e mais oferecem empregos fora do Brasil.

Com a atual crise econômica no país e o mercado de trabalho em retração, a procura por empregos fora do Brasil tem aumentado exponencialmente. A busca por mais segurança é outro fator que impulsiona brasileiros a mirarem em muitos países da Europa, América do Norte e até mesmo localidades antes fora do radar da emigração, como o Alasca e Cingapura.

A boa notícia é que estes países, em muitos casos possuem alguma carência em determinados profissionais, o que pode ser uma excelente oportunidade para os que estão buscando uma vida nova no exterior. Os cargos de maior procura também são bastante diversificados, incluindo motoristas, engenheiros de software e contadores.

Como as ofertas são variadas, não existe uma qualificação especifica necessária para conquistar seu emprego fora do Brasil. Entretanto, para todas, ou ao menos a grande maioria delas, é necessário o domínio da língua nativa do país, sendo por vezes eliminatória a obrigatoriedade da língua inglesa.

Quais são as áreas com mais empregos fora do Brasil?

Algumas profissões e áreas de atuação estão em alta pelo mundo, principalmente pela dificuldade de contratação destes profissionais, oferecendo bons empregos fora do Brasil. A seguir, selecionamos algumas áreas que possuem uma maior carência em determinados países e que podem ser a porta de entrada para muitos brasileiros no exterior.

7 multinacionais para quem quer ter uma carreira internacional

Engenheiros

Engenheiros são profissionais escassos em muitos países e, de maneira global, 38% das empresas relatam dificuldades em contratar esse profissional segundo a 10º edição da Pesquisa anual sobre Escassez de Talentos do ManpowerGroup. No Japão a demanda é grande, onde cerca de 83% das empresas apresentam dificuldades na contratação de engenheiros qualificados; Hong Kong, por sua vez, mostra um índice de 65% na dificuldade em encontrar o profissional. Outros países endossam a lista de carência de engenheiros, como a Nova Zelândia com 51%, Turquia com 52% e Bulgária, com 50%.

Profissionais de TI

A área de TI tem crescido muito por todo o mundo nos últimos anos e o mercado continua ávido por absorver novos e bons profissionais, sendo uma das profissões com melhores chances de alocação no mercado internacional. Países como a Alemanha apresenta um índice de 46% de dificuldade na contratação desses profissionais, outros países como o Panamá, Canadá, Polônia, Espanha, Holanda, entre muitos outros pelo globo também carecem das mais diversas áreas de atuação da Tecnologia de Informação.

Trabalhadores de Ofício

Conhecidos como trabalhadores de ofício, profissões como padeiros, açougueiros, chefes de cozinha, mecânicos e eletricistas também se encontram em falta no exterior. De acordo com uma média global, estes profissionais qualificados apresentam uma dificuldade de contratação de cerca de 40%. Países como Singapura, Austrália, Alemanha, Hungria, Nova Zelândia, Romênia, Israel, entre muitos outros apresentam altos índices de dificuldade em suprir a necessidade desse tipo de mão de obra qualificada.

Representantes de Vendas

Apesar de termos a impressão de um excesso desses profissionais no mercado, países como os Estados Unidos apresentam uma dificuldade de 32% em encontrar representantes de vendas qualificados; outros como a Noruega mostram índices de 30%. Países mais alternativos, como Taiwan, Grécia, México e Panamá também são alguns que apresentam carência destes profissionais.

Médicos e Profissionais da Saúde

Profissionais de saúde estão entre as áreas que apresentam maior carência no mundo de um modo geral. Entre médicos, enfermeiros e auxiliares, esses profissionais com alto grau de experiência e qualificação se encontram em falta em países como o Japão, com 83% de dificuldade de contratação; a Bulgária, com 50%; Hungria, com 47%; Alemanha, com 46%; Suécia, com 39%; e Estados Unidos, com 32%.

Contabilidade e Finanças

Os contadores e profissionais especializados em finanças, nas mais diversas áreas de atuação também se encontram em escassez e possuem grande demanda em vários países. Localidades como o Japão, a Romênia, a Índia, a Nova Zelândia, a Turquia e a Alemanha são apenas algumas das opções onde será possível encontrar empregos fora do Brasil com essa formação profissional.

Aumente as suas oportunidades profissionais com o curso certo. Confira essa oportunidade!

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...