Há um emprego nesta cidade com salário de R$88 mil, mas ninguém quer

Uma vaga de emprego na Nova Zelândia que oferece esses e outros benefícios irrecusáveis está há 2 anos sem conseguir ser preenchida. Conheça o emprego que ninguém quer.

Na pacata cidade de Tokoroa, localizada na região de Waikato, zona rural da Nova Zelândia, uma vaga de emprego está aberta há 2 anos à espera de ser preenchida. Até aí, tudo bem. O cargo poderia não ter boas condições, ser injusto…mas acontece justamente o contrário: a função em questão oferece um salário mensal de R$88 mil, 3 meses de férias, dispensa de plantões à noite e aos fins de semana e ainda 50% de participação nos lucros da empresa. Como é possível que uma oportunidade dessas ainda não tenha sido agarrada por alguém?

O clínico geral Alan Kenny, responsável pelo anúncio, procura um médico com quem possa dividir as responsabilidades da clínica. Mesmo com as benesses propostas, o profissional não recebeu um único currículo nos últimos 4 meses, de acordo com o que disse em entrevista ao jornal The New Zealand Herald. À custa disso, adiou férias vezes sem conta e está com dificuldades para gerir sozinho os 6 mil pacientes do seu consultório.

Para o dr.Kenny, a falta de interesse é gerada por se tratar de uma vaga na zona rural e não na maior cidade da Nova Zelândia, Auckland. E você, deixaria de concorrer a um emprego com essas condições?

   

Veja também: 

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...