3 desvantagens de comprar um carro 0 km

Nem sempre um carro novo representa uma garantia de satisfação. Conheça 3 desvantagens de comprar um carro 0 km e saiba como avaliar um veículo.

As desvantagens de comprar um carro 0 km, embora não sejam tão aparentes, existem, e precisam ser consideradas. O debate sobre as reais vantagens de se adquirir um modelo novo voltaram, já que em agosto a indústria automotiva apresentou sinais de recuperação.

No entanto, é preciso estar atento, pois nem sempre a compra de um veículo zero é totalmente vantajosa. Se por um lado há menos demanda por reparos, garantia de fábrica e tecnologia de ponta, por outro existem aspectos que devem entrar na pauta antes de fechar negócio.

Saiba por que e quando comprar carro zero compensa

As desvantagens de comprar um carro 0 km começam na depreciação

Você já ouviu falar de depreciação, certo? Se ainda não, saiba que depreciação é um conceito contábil que se aplica a todos os bens de consumo.

Trata-se do encargo que um determinado bem sofre em função do desgaste natural, tempo de uso ou por se tornar obsoleto em face de novas tecnologias. A depreciação é cumulativa, ou seja, quanto mais tempo, mais valor perde um bem, no nosso caso, o veículo.

Pois em se tratando de carro zero quilômetro, a depreciação no primeiro ano é sempre mais sentida. Isso porque, dependendo de como ele for conservado e utilizado, ainda estará em estado de novo, mas com preço de usado.

Embora se acumule com o passar dos anos, a depreciação sofre variações. Elas são menos percebidas quanto mais usado for o veículo. De fato, existe uma tendência de mercado que é de estabilizar os preços para veículos com mais de 5 anos de uso. Neste caso, possíveis incrementos e uma boa manutenção garantem perdas menores. Isso se comparadas com as que se materializam quando um carro completa um ano de uso.

Sendo assim, para quem não pode perder tanto dinheiro, a compra de um veículo novo pode ser uma grande desvantagem. Com a maior depreciação, as perdas serão maiores. Portanto, a aquisição gera maior prejuízo, que é minimizado quando se compra um usado.

Há usados mais completos que novos similares

Não se pode desconsiderar também que o preço dos carros novos, no Brasil é uma das maiores desvantagens de comprar um carro 0 km. Uma comparação com mercados estrangeiros dá uma ideia sobre o quanto custa um veículo novo por aqui. E nem precisa ir longe. Na nossa vizinha Argentina, um Gol Trendline 1.6 4 portas custa R$ 39.837, enquanto a mesma versão no Brasil sai a R$ 47.740,00.

Uma pesquisa de mercado pode revelar ofertas interessantes de carros usados pelo preço de um Gol 1.6. Uma delas, por exemplo, é o Chevrolet Sonic. Embora fora de linha, apresenta excelente custo benefício. Se avaliarmos sua versão LTZ 1.6 ano 2014.

Conforme a tabela FIPE, o Sonic custa R$ 38.472 em sua versão automática. Mas as vantagens do Sonic sobre o Gol zero não param por aí.

Além do preço menor, que representa melhor custo benefício, o Sonic é um carro bem mais completo. Equipado com ar condicionado, conexão USB, rodas de liga leve e diversos outros itens, ele dá um banho no Gol Trendline 1.6.

Perde na potência, consumo e nas dimensões, mas para quem curte carros compactos, é uma ótima opção.

8 erros mais cometidos ao comprar um carro zero

A experiência de profissionais com carros usados

Tudo bem que um carro novo, por sair da concessionária sem ter rodado nenhum quilômetro, dificilmente vai apresentar problemas mecânicos.

Mas quando isso acontece e a montadora não chama para um recall, será necessário recorrer à garantia, que limita a avaliação do problema à rede autorizada.

Espera-se que tudo se resolva numa oficina credenciada. Mas, no caso de a rede ser restrita, com poucas unidades, pode ser que um profissional externo seja a melhor opção.

É aí que outra das desvantagens de comprar um carro 0 km pode aparecer. Carros usados carregam em si toda uma bagagem de experiência acumulada por mecânicos profissionais.

Em veículos novos, com tecnologia de ponta, o risco de encontrar profissionais desatualizados aumenta consideravelmente.

Claro que esta é uma situação que pode vir a se concretizar ou não. Portanto, a recomendação é sempre uma avaliação criteriosa antes de comprar um carro. O que pode ser bom para um motorista nem sempre é bom para outro.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...