Veja qual é o custo de vida em São Paulo

Está pensando em se mudar? Veja qual é o custo de vida em São Paulo, considerando despesas básicas em moradia, alimentação, transporte e outras.

A vida nas grandes capitais do país atrai, todos os anos, pessoas que buscam melhores oportunidades de trabalho ou mesmo um cotidiano com mais diversidade e opções em lazer e cultura.

Entretanto, as vantagens vêm acompanhadas de um alto custo de vida em São Paulo, preocupação constante seja para quem está chegando ou para quem já reside na metrópole.

Qual o custo de vida em São Paulo?

O custo de vida em São Paulo tem tornado cada vez mais difícil a sobrevivência de quem depende da grande metrópole.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), durante o ano de 2015 a cidade registrou um aumento de 11,3% nas despesas mais básicas do paulistano, ao passo que a inflação oficial esteve em 10,48%.

Saiba qual é o custo de vida no Rio de Janeiro

Segundo o site Custo de Vida, que se baseia em dados fornecidos por colaboradores para estimar os preços nos municípios do Brasil, o custo de vida em São Paulo ocupa o segundo lugar na lista dos mais caros do Brasil. 

Confira os valores das despesas báscias de quem vive na capital.

Moradia

São Paulo está entre as cidades com o maior custo por metro quadrado do Brasil. Segundo dados do índice FipeZap, o valor médio de venda está em R$ 8.641 (fevereiro/2017), o que faz dos aluguéis igualmente dispendiosos, mas que podem ser encontrados por totalidades um pouco menores.

O aluguel médio de uma quitinete em uma região cara da cidade está por volta de R$ 1.720,34. Já um apartamento de três quartos afastado do centro e situado em bairros de menor impacto comercial e industrial pode ser encontrado com a média de R$ 1.652,32.

Contas

As contas domésticas contribuíram – e muito – para o aumento do custo de vida em São Paulo, principalmente quando se trata da energia elétrica, a qual apresentou um aumento médio de 15,23%, representando um custo aproximado de R$ 50 para uma única pessoa.

Despesas com água e gás são variáveis e, nos apartamentos, muitas vezes costumam estar inclusas nos aluguéis.

Alimentação

O gasto com alimentação na cidade de São Paulo não apresenta grande variação quando comparado com o restante do país. Uma pessoa gasta, em média, R$ 500 em alimentação doméstica, considerando alguns itens como leite (R$ 3,19 o litro), pão francês (R$ 11,21 o quilo), arroz (R$ 12,52 por 5kg), feijão (R$ 7,36 o quilo) e café (R$ 8,43 um pacote de 500g).

Para comer fora, seja no almoço do trabalho ou em um lazer durante o final de semana, o gasto aproximado em um restaurante de baixo custo fica em torno de R$ 15,27.

Veja as cidades com custo de vida mais alto do país

Transporte

Muitos paulistanos têm optado pelo transporte público devido ao preço dos combustíveis, uma vez que a gasolina é encontrada a R$ 3,40 e o Etanol, a R$ 2,49 por litro.

Para transitar em ônibus municipais e metrô, o valor do ticket é R$ 3,80.

Educação e Saúde

A mensalidade de uma escola privada de ensino fundamental está em torno de R$ 860, enquanto um curso superior de Administração, por exemplo, tem custo até menor, por R$ 1.046,25 ao mês.

Diante do problema constante e geral da saúde pública, os paulistanos que optarem por um plano de saúde já podem reservar valores entre R$ 200 e R$ 300 ao mês para garantir um atendimento, o que aumenta muito o custo de vida em São Paulo. 

Lazer

Se divertir na cidade também está mais caro, mas ainda assim não foge a média nacional. Na capital, um ingresso de cinema tem custo aproximado de R$ 26,30; para os amantes do teatro, o valor sobe para R$ 48,67 para manter o hobby.

Porém, se além da distração aos finais de semana o paulistano também for adepto das academias de musculação, reserve mais R$ 86,08 ao mês para arcar com essa despesa. Shows e demais eventos musicais costumam custar também a média de R$ 100.

Veja também: Veja quanto custa ter uma casa em condomínio em SP

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...