Ana Luiza Fernandes
Ana Luiza Fernandes
26 jul, 2017 - 04:35
cursos técnicos que dão dinheiro rápido

Cursos técnicos que dão dinheiro rápido

Ana Luiza Fernandes

Conheça os cursos técnicos que dão dinheiro rápido e garantem empregabilidade nas mais diversas áreas. Saiba qual deles mais combina com o seu perfil.

O artigo continua após o anúncio

Na contramão das estatísticas que mostram alta taxa de desemprego, há muitas empresas que não conseguem preencher vagas por falta de mão de obra qualificada. Faltam habilidades e conhecimentos técnicos específicos nos candidatos. Já enxergou a oportunidade? Fizemos uma lista de alguns cursos técnicos que dão dinheiro rápido – e uma boa parte deles é gratuito ou com baixo custo – que capacitam seus alunos para esse mercado cada vez mais exigente. Confira.

10 cursos técnicos que dão dinheiro rápido

cursostecnicos

Empregabilidade é a palavra que define os cursos técnicos que dão dinheiro rápido. E é isso o que a maioria das pessoas que procuram um curso técnico quer, e têm conseguido. Mais curtos do que uma faculdade e com aprendizado de habilidades específicas escassas no mercado de trabalho, os cursos técnicos têm sido uma boa e rápida saída para quem quer se qualificar, encontrar um bom emprego e enfrentar a crise. A escola técnica Etec Philadelpho Golvea Neto, em Ribeirão Preto, ressalta a importância dos cursos e o quanto eles são eficazes para o ingresso no mercado de trabalho: “Estes cursos técnicos têm peso na hora de conseguir um trabalho. De 90 a 95% dos alunos saem contratados por empresas”, diz a professora Melissa Trinchão.

Veja onde fazer cursos técnicos gratuitos

Veja entre os cursos técnicos que dão dinheiro rápido, qual tem o seu perfil e qual é o salário médio. A lista foi construída com base no resultado de uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria ManpowerGoup e levou em consideração o seguintes critérios, nessa ordem:

  • Os cursos em que os profissionais conseguem melhor salário inicial após a formação
  • Os cursos que têm maior demanda por profissionais naquela área
  • Os cursos com baixa oferta de profissionais capacitados no setor
  • Novos mercados instalados no país com vagas ainda não preenchidas

1. Desenvolvedor Mobile

As áreas de TI e telecomunicações estão em constante evolução e precisam-se de profissionais capacitados com urgência. É uma das áreas com maior escassez de profissionais entre todas as listadas, e o futuro da profissão é promissor. No curso, os estudantes capacitam-se para desenvolver novas plataformas digitais para empresas e organizações. Desde a chegada do 4G no país, o mercado está aquecido. O salário inicial chega a R$ 5 mil. O Senac de São Paulo,  a Inatel e a empresa Targetturst, em Porto Alegre, oferecem o curso.

2. Técnico em Geoprocessamento

Essa profissão continua com o mercado bem aquecido, pois trabalha com a área de Petróleo e Gás, que deverá manter-se em ascensão ainda por muito tempo. Os técnicos em geoprocessamento são capacitados para analisar terrenos onde empresas serão implantadas. Os técnicos podem disputar vagas para trabalhar em diversas empresas, incluindo na exploração do pré-sal. O salário médio inicial é de R$ 4 mil. O Senac São Paulo oferece o curso. Para saber mais, clique aqui. O Instituto Federal do Espírito Santo também oferece, veja aqui como funciona.

Confira os cursos técnicos mais procurados por quem quer se formar rápido

3. Técnico em meio ambiente

Com a crescente preocupação com o meio ambiente e novas regras de respeito e sustentabilidade, as indústrias, áreas de construção e empresas de óleo e gás estão competindo por profissionais técnicos em meio ambiente. O salário inicial gira em torno de R$ 3.500,00. O Ead oferece esse curso em diversos estados do país. Em São Paulo, há oferta no Senac e  em Curitiba no Senai.

O artigo continua após o anúncio

4. Técnico em Comércio Exterior

Em ascensão nesse momento, a área de Comércio Exterior precisa de profissionais, pois o Brasil faz negócios com diversos países do mundo e não há pessoas suficiente para preencher as vagas. Um técnico em comércio exterior faz transações cambiais, financeiras e legais; fiscaliza cumprimento de políticas cambiais e alfandegárias, além de estar presente nos processos de importação e exportação preparando documentação e calculando planilhas de custos das exportações e importações. O mercado globalizado garante o aumento de desse tipo de profissional. O salário inicial pode chegar a R$ 3.500,00. Este curso é oferecido pelo Pronatec e também pelo Senac.

5. Técnico em Redes de Computadores

Vários cursos da área de tecnologia e informática estão entre os cursos técnicos que dão dinheiro rápido. Assim como os profissionais da área de desenvolvimento de sistemas mobile, o mercado de TI está aquecido e precisa de profissionais que cuidem da infraestrutura  e segurança do setor. Há vagas tanto dentro do Brasil como no exterior. O salário inicial é de R$ 3 mil. O curso está disponível no Senac de São Paulo e do Rio de Janeiro, e também na Unibratec no Recife.

6. Técnico em Mecânica

O profissional técnico em mecânica pode atuar em diversas empresas espalhadas pelo país na fabricação, montagem e instalação de máquinas e equipamentos. Apesar do setor ter sofrido retração nos últimos dois anos, ainda há carência de profissionais capacitados em indústrias, principalmente de alimentos. O salário médio é de R$ 2.200,00 e o curso é oferecido no Senai, em São Paulo e no Rio de Janeiro, e também na TecPuc, em Curitiba.

7. Técnico em Construção Civil

Apesar dessa área ter colocado o pé no freio no último ano no Brasil, ainda existe carência de profissionais para muitos projetos e construções em andamento e que ainda precisam sair do papel, tanto privados quanto governamentais. Esse profissional coordena a ação construtiva junto ao engenheiro. O salário médio inicial é de R$ 2.200,00. Há vagas para o curso no Senai em diversos estados.

8. Técnico em Logística

Os técnicos em logística estão sendo muito requisitados no país. A falta do trabalho desse profissional traz um dos principais gargalos na distribuição de produtos dentro do nosso país. O curso ensina aos estudantes como planejar, programar e coordenar operações de transporte e distribuição de produtos de empresas e indústrias. Esse curso poderia estar em primeiro lugar, devido à carência de profissionais, só está em oitavo porque o salário inicial é de R$ 2.100,00.

9. Técnico em Segurança do Trabalho

O técnico em Segurança do Trabalho é muito requisitado nos dias de hoje, pois é necessário nos mais diversos setores. São eles que realizam inspeções e elaboram relatórios e projetos para evitar acidentes. Em qualquer área que tenha uma grande número de trabalhadores em ação esse profissional será necessário. Nos últimos anos, esses técnicos ganharam importância por conta do grande contingente de obras na construção civil. O salário médio inicial é de R$ 1.900,00. Há cursos no Senac em diversas partes do Brasil, confira aqui.

10. Técnico em Eletrotécnica

Esse profissional trabalha desenvolvendo projetos de eletricidade no campo industrial e também em sistemas de distribuição e armazenamento de energia. Como o país enfrenta uma necessidade de expansão no setor energético, o número de vagas nos próximos anos tende a se multiplicar. O salário médio inicial é de R$ 1.700,00. Veja o curso do Senai no Rio de Janeiro.

Compartilhar Twittar Pin Email WhatsApp