Clara Grizotto
Clara Grizotto
05 out, 2017 - 12:19
crianças não pagam passagem aérea

Até que idade as crianças não pagam passagem aérea

Clara Grizotto

Saiba quando as crianças não pagam passagem aérea e quando são aplicados os descontos em viagens nacionais e internacionais.

Crianças não pagam passagem aérea até que idade? E quando têm desconto? Posso levar carrinho de bebê? Essa e outras perguntas são uma dor de cabeça quando as famílias viajam com a criançada.

Entenda quando as crianças não pagam passagem aérea e quais são os direitos que algumas companhias asseguram às viagens em família.

Companhias nacionais

Comecemos pelas companhias aéreas nacionais e as tarifas praticadas em voos domésticos. Para voos internacionais, as regras podem variar entre companhias, países e até mesmo aeroportos, por isso cada caso é um caso e é preciso checar com antecedência as limitações e

AVIANCA

  • Bebês com até 24 meses incompletos devem pagar uma taxa de R$ 10 em voos operados em território brasileiro, sendo a cobrança válida por trecho (Origem – Destino);
  • 25% de desconto para criança (de dois a 12 anos incompletos) na tarifa Economy;
  • 0% de desconto para criança (de dois a 12 anos incompletos) na tarifa Flex.

AZUL

  • Bebês com até 24 meses incompletos pagam 10% da tarifa do adulto quando viajam no colo e 75% da tarifa quando ocupam um assento em cadeirinha apropriada;
  • Crianças entre dois e 12 anos incompletos têm desconto de até 25% da tarifa de adulto.

GOL

  • Bebes de até um ano e 11 meses embarcam em voos nacionais sem pagar pela passagem aérea; nos voos internacionais pagam 10% do valor da tarifa do adulto;
  • Na classe econômica, o desconto é a partir de 25% para criança (entre dois e 12 anos incompletos) nas tarifas Flexível, Programa e Light.

LATAM

  • Na cabine econômica é possível dividir o assento com uma criança de até dois anos, que paga uma porcentagem da tarifa do adulto; em voos dentro do Chile (exceto Ilha de Páscoa) a criança paga as taxas de embarque e os impostos;
  • Crianças não pagam passagem aérea se tiverem até dois anos e o voo for dentro do Brasil;
  • Se a viagem for com dois bebês de até dois anos é preciso reservar assento adicional e pagar a tarifa de criança. O desconto é de até 30% para crianças entre dois e 11 anos em voos domésticos e entre 10% e 25% em voos internacionais;
  • Bebês e crianças pagam tarifa completa e sem desconto na Premium Economy ou Premium Business, pois viajam em assento próprio.

PASSAREDO

  • Crianças não pagam passagem aérea se tiverem até 23 meses de idade e viajarem no colo, tanto aquelas das classes tarifárias pertencentes ao Perfil PROMO quanto das demais classes tarifárias;
  • Crianças de dois a 11 anos pagam a mesma tarifa aplicada para o adulto nas classes tarifárias pertencentes ao Perfil PROMO; nas demais classes tarifárias elas pagam 75% da tarifa aplicada para o adulto.

Companhias internacionais

No geral, as companhias aéreas internacionais cobram 10% da passagem do adulto para o bebê de 0 a 24 meses que viaja no colo ou a companhia oferece carrinho/bebê conforto.

Para as crianças de 2 a 11 anos ou para os bebês que viajam em assento próprio requisitado pelos pais antes da viagem é praticada a tarifa infantil, que varia de companhia para companhia, mas mantém-se próxima dos
25% a 30% em voos internacionais.

Geralmente os bebês têm direito a uma bagagem de porão de até 10kg e a uma bagagem de mão para os cuidados de higiene. As crianças, mesmo com o desconto, costumam ter assegurada a franquia de bagagem do acompanhante.

A maioria das companhias aéreas da Europa assegura que você leve um carrinho de bebê sem custo adicional.

Bebês e crianças pagam taxas aeroportuárias?

As taxas do aeroporto podem não estar incluídas no preço da passagem para as crianças que, por terem um assento, já pagam as taxas aeroportuárias na totalidade.

Os bebês estão isentos quando viajam no colo do adulto. No entanto, vale conhecer melhor as condições da companhia quando comprar a passagem para não ter surpresas. Em algumas situações, como em voos nacionais, as crianças também podem estar isentas do pagamento dessas taxas.

Atente-se antes de comprar a passagem

Se o seu bebê tem 1 ano e 9 meses e você comprou uma passagem para daqui a quatro meses, poderá ter problemas no embarque. Lembre-se de que a idade do bebê e da criança deve ser calculada no momento da viagem, e não quando comprar o bilhete.