Consultar CPF pelo nome do titular é possível? Entenda

Consultar CPF pelo nome não é uma tarefa fácil, para não dizer impossível. Ao menos por vias legais, seguras e gratuitas na internet. Confira as alternativas.

Seja você pessoa física ou jurídica, alguma vez certamente já precisou consultar CPF pelo nome, próprio ou de terceiro, para saber se a situação cadastral estava regular, por não ter o documento em mãos. Nestes casos, o que fazer? Objetivamente, sem outras informações, dificilmente você conseguirá.

Com o número em mãos, fica mais fácil conseguir informações e pedir uma segunda via pela internet. Caso tenha perdido o seu CPF, vamos explicar também como emitir uma segunda via do documento de forma semipresencial.

Veja o que fazer se tiver um documento perdido ou roubado

Consultar CPF pelo nome do titular

Mesmo ao consultar o CPF pelo nome completo, RG e data de nascimento, pode ser difícil identificar precisamente uma pessoa, pois no Brasil há diversos casos de nomes idênticos e o que os diferenciam é justamente o número do Cadastro de Pessoa Física.

Além disso, para consultar CPF pelo nome você precisa ser uma pessoa jurídica, dono de uma empresa e portador de um CNPJ, ou então ter uma autorização judicial. Isso porque a consulta do CPF pelo nome só pode ser realizada por meio de empresas cadastradas na Receita Federal para tal serviço. Sendo assim, é necessário contratar o serviço de uma empresa autorizada a realizar este tipo de consulta.

Veja como saber se o seu nome está sujo gratuitamente

No serviço contratado, você informa o nome completo da pessoa que deseja obter o CPF. É importante que o nome esteja escrito corretamente e da forma instruída pelo site para que se obtenha a resposta desejada. Além disso, essa busca mostra também alguns outros dados que podem ser úteis na diferenciação no caso de homônimos, como o estado de nascimento ou o nome da mãe, por exemplo. E é importante dizer que essa consulta não vai trazer dados como endereço, telefone, é somente para saber o CPF da pessoa.

A Receita Federal só permite esta consulta com a finalidade de cobranças, investigação e análise de crédito. Em caso de solicitação judicial o juiz precisa liberar, e após a liberação uma única pessoa poderá ir até uma unidade de atendimento da Receita Federal com o documento de representação para conseguir obter o número.

Com o número do CPF em mãos, aí sim é possível consultar inúmeras informações e até mesmo realizar as consultas de análise de crédito (SCPC e SERASA) em sites especializados. O primeiro passo, portanto, é realizar essa consulta.

Consultas pelo CPF

Após consultar CPF pelo nome e ter esse número em mãos, é possível verificar diversas informações no próprio site da Receita Federal gratuitamente.

Digitando os dois dados requeridos (CPF e código de verificação), basta clicar em consultar e outra tela irá aparecer. Nela constará o comprovante de situação cadastral do CPF, com o número do documento, nome da pessoa, situação cadastral (regular ou irregular) além do digito verificador e outras informações. Essa consulta também pode ser feita pelo telefone, basta ligar para a Receita Federal no número 146 e tirar todas as suas dúvidas.

Consultar CPF grátis

Depois de ter o número em mãos, é possível consultar CPF grátis para saber qual a situação cadastral do portador. Em geral, a consulta grátis só pode ser feita pelo próprio titular, para a consulta de terceiros é preciso pagar. A consulta do CPF pode mostrar se há restrições de crédito no nome do titular, seja em cartão ou cheque, entre outros casos. As principais empresas no Brasil que fazem este tipo de consulta são a Serasa Experian e Boa Vista SCPC.

Veja como consultar Serasa grátis online

Não caia em golpes

Alguns sites dizem consultar CPF grátis, mas não caia nessa. É golpe. É importante pesquisar em sites de confiança, existem diversos sites que disponibilizam esse tipo de serviço para pessoas jurídicas, mas todos são pagos.

Segunda via de CPF

Se você precisa fazer a segunda via do CPF, e sabe o seu número de cabeça ou tem anotado em algum lugar, é possível fazer tudo pela internet, pelo sistema implantado recentemente no site da Receita Federal. O modo de consultar CPF pelo nome é semipresencial porque você fará parte do processo em um estabelecimento físico e a outra parte pela internet, já que não dá para fazer essa pesquisa pela internet, até por uma questão de sigilo dos seus dados. Veja abaixo como consultar o CPF pelo nome.

Passo a passo

  1. Compareça a uma agência dos Correios, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal e solicite a segunda via do seu CPF;
  2. Lá, eles vão consultar CPF pelo nome, RG e data de nascimento e fornecerão um número de protocolo (ou código de atendimento) que você usará para emitir a segunda via online;
  3. Acesse o site da Receita Federal e clique na opção Imprimir Comprovante de Inscrição no CPF utilizando Código de Atendimento”;
  4. Selecione o local de atendimento, o código fornecido, a sua data de nascimento e a data em que foi atendido;
  5. Clique em “Consultar” e veja o número do seu documento. A Receita Federal não emite mais cartões CPF, então você pode imprimir um comprovante do número e guardar na carteira (dica: imprima mais de uma via para o caso de perder uma delas) ou incluí-lo na próxima via do seu RG. Assim, você não perde o número e não precisa se deslocar para consultar CPF pelo nome.

É importante que todos os seus documentos sejam guardados em um lugar seguro, eles são essenciais para te identificar em qualquer situação. O seu CPF te torna uma pessoa única para o governo e também é sua chave de segurança em diversas situações.

Além disso, na hora de declarar seu imposto de renda ou procurar pelos seus direitos, é obrigatório ter o número do seu CPF em mãos. Anote-o sempre. E, se possível, o tenha decorado. No Brasil, o número do CPF consta também na Carteira de Habilitação.

Entenda para que serve o CPF

O CPF ou Cadastro de Pessoa Física é um documento emitido pela Secretaria da Receita Federal do Ministério da Fazenda a partir de uma case de dados da Receita que armazena informações de contribuintes obrigados à inscrição no CPF. É possível emitir o CPF com qualquer idade, inclusive recém-nascidas.

O CPF serve para identificar os cidadãos junto a Receita Federal para fins tributários. Porém, o CPF é amplamente usado em organizações públicas e privadas. Agências bancárias, órgãos de governos e empresas privadas de uma forma geral usam o CPF como chave de identificação de pessoas físicas. Também é pelo número do CPF que os cidadãos têm o seu nome protestado, em caso de dívidas ou irregularidades fiscais, entre outros.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...