Redação Hintigo
03 May, 2017 - 12:00
consorcio de motos

Fazer um consórcio de motos vale a pena?

Redação Hintigo

Com a retração do crédito para financiamento de veículos, a cada dia mais pessoas escolhem o consórcio de motos para realizar o sonho de andar sobre duas rodas. Saiba quando o consórcio de motos vale a pena.

O artigo continua após o anúncio

Desde o ano passado, o crédito para financiamento de veículos tem sofrido retração. Com isso, mais pessoas têm optado pelo consórcio como modalidade de compra. Mas será que fazer um consórcio de moto vale a pena?

Consórcio de moto vale a pena?

Hoje, é possível comprar uma cota num consórcio de motos pagando a partir de R$80,00 mensais. O grande problema, é ter que esperar para receber a moto. Mas com baixas prestações como esta, o pagamento da prestação acaba por não ser um sacrifício financeiro muito grande, e no fim de algum tempo você terá garantida a sua moto.

É bom saber que um consorciado pode precisar esperar todo o tempo do consórcio para ser contemplado. Isso significa que se um consórcio de motos tem duração de 80 meses, o consorciado pode ser sorteado no primeiro ou no último mês do consórcio. A solução para antecipar a contemplação, seria dar um lance.

Vantagens e desvantagens

Muitos dizem que o consórcio é uma espécie de poupança forçada, pois é um compromisso financeiro que o consorciado faz para poupar, já sabendo qual será o destino da poupança. Mas é importante ter em vista que o consórcio de motos não tem juros, mas tem taxas que podem aumentar o valor final do bem em até 25%. Para quem tem disciplina, mais vale aplicar o valor mensalmente numa poupança financeira, que vai gerar algum rendimento.

Outro fator importante é que as parcelas do consórcio são reajustadas de acordo com o que foi estabelecido no contrato, e obedece o rejauste do valor dos veículos.

Para concluir, por ser um bem de valor relativamente baixo, se comparado com um carro, o consórcio de motos vale a pena mesmo para quem não quer uma moto, pois afinal a carta de crédito é dinheiro.

Mas o consórcio de motos vale a pena especialmente para quem não tem pressa para ter o veículo em mãos, ou para quem já tem um veículo, moto ou carro, e quer trocar ou ter um segundo, ou para quem tem uma reserva financeira para dar um lance e aproveitar as baixas taxas do consórcio já com a moto em mãos.

Compartilhar Twittar Pin Email WhatsApp