Comprar carro em outra cidade vale a pena?

Já ouviu alguém falando que vai comprar carro em outra cidade porque sai mais barato? Será que isso é mesmo verdade? Tire as suas dúvidas sobre o assunto.

Quem pretende economizar na hora de adquirir um veículo está sempre investigando as alternativas. Uma até bastante comum é comprar carro em outra cidade. A justificativa é que o veículo desejado pode ser encontrado muito mais em conta em outro lugar. Isso é mesmo verdade? Mesmo com as montadoras estipulando um preço?

Comprar carro em outra cidade pode ser mais barato  

Realmente pode ser mais barato comprar carro em outra cidade e existem razões que comprovam o porque disso acontecer. A primeira delas é que, apesar das marcas darem um valor ao veículo, este serve apenas como base, orientação. Os estabelecimentos comerciais têm livre arbítrio nessa questão, o que acaba por fomentar a concorrência. A competição entre lojas é outro fator que pode deixar os automóveis mais em conta. Nas cidades com mais concessionárias a disputa por clientes é maior e, mesmo que os preços não pareçam muito amigáveis, existe sempre a possibilidade de negociação. Em um mercado tão agressivo, é preciso saber conquistar os consumidores.

Comprar carro zero realmente compensa?

Por conta da concorrência, São Paulo é o estado onde os carros saem mais baratos, seguido pelo Rio de Janeiro e Minas Gerais. A quantidade de fábricas nesses locais também é mais um motivo para o preço seja menor. Nos estados mais afastados, o valor do frete incide sobre o preço de revenda e os veículos ficam naturalmente mais caros.

Comprar carro usado em outra cidade 

As situações que mencionamos anteriormente referem-se a veículos novos, uma vez que os usados são vendidos em outro contexto. Compra carro em outra cidade nestas condições exige uma atenção redobrada. O preço pode ser bem menor do que onde você mora, mas é preciso avaliar bem a situação, principalmente quando a oferta vem de uma pessoa física e não de uma concessionária.

Vale a pena?

Comprar carro em outra cidade pode realmente ser bastante vantajoso. Em São Paulo, o preço de um veículo novo pode ser até 10% mais barato que em outros lugares, o que significa uma poupança e tanto quando o assunto é adquirir um automóvel. Portanto, realmente o negócio pode valer a pena, mas é preciso considerar alguns pontos.

No caso dos veículos novos, a chave está em como transportá-lo para casa. Essa viagem pode custar uma nota preta ou dar um trabalho inesperado. Você pode ir dirigindo o veículo, e isso significa obter uma autorização especial para tal no Detran, ou contratar um caminhão para fretar o carro. O valor vai depender da distância entre o ponto de partida e o destino, e do modelo do automóvel.

Para usados, comprar carro em outra cidade pode ser mais arriscado. O candidato a proprietário precisa certificar-se do bom estado do veículo, inclusive da parte mecânica. Se não tiver alguém de confiança que faça isso por ele, terá de deslocar-se até o local, o que pode ser dispendioso. Outro encargo que pode ser adicionado ao preço é o ICMS. Veículos emplacados há menos de um ano podem estar sujeito ao tributo, que corresponde a 5% do seu valor. Essa situação não ocorre em todos os estados, mas deve ser considerada por quem vislumbra um seminovo.

Além disso, se a cidade ficar em outro estado, você precisará arcar com os custos de trasnferência da documentação do veículo. No final das contas, e contabilizando também todo o tempo, burocracia e dor de cabeça pode não valer a pena. Considere todas estas condições antes de avançar com a ideia de comprar um carro numa outra cidade.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...