Elisabete Machado
16 Jun, 2017 - 12:00
Como ser bombeiro civil

Como ser bombeiro civil: requisitos e benefícios da profissão

Elisabete Machado

Saiba como ser bombeiro civil e quais são os requisitos fundamentais para essa profissão tão importante que ajuda a salvar vidas e a manter a segurança

O artigo continua após o anúncio

Todo mundo associa bombeiros ao trabalho de apagar incêndios, mas é só disse que ele vive. O exercício da profissão de bombeiro civil foi regulamentado pela lei nacional pela nº 11.901/2009 que define que ele está habilitado para a prevenção e combate a incêndio, além de atendimento de emergências, especialmente com a prestação dos primeiros socorros, como em acidentes de trânsito, atropelamentos, afogamentos, e a realização de salvamentos terrestres, aquáticos e em altura. Veja como ser bombeiro civil.

Como ser instrutor de autoescola

Saiba como ser bombeiro civil

Para ser  bombeiro civil, profissão de grande importância, será preciso atuar no combate e prevenção de incêndios e o profissional também ajudará a reduzir os riscos ligados ao trabalho, por meio de normas de saúde, higiene e segurança.

Mesmos que empregadores de uma empresa sejam treinados para as atividades de prevenção e combate a incêndio, a contratação de bombeiros civis tornará o ambiente de trabalho muito mais seguro.

Normalmente, a jornada de trabalho de um bombeiro civil é de 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso, num total de 36 horas semanais de trabalho para o bombeiro civil.

Outros benefícios, além do uniforme especial, incluem possuir seguro de vida em grupo e pagar o adicional de periculosidade de 30% do salário mensal sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participações nos lucros da empresa.

Qual o salário de um bombeiro

Para saber como ser bombeiro civil é bom ter em mente que o profissional também pode atuar com o monitoramento de estabelecimento e vistoriar os hidrantes, visando a segurança e o bom funcionamento dos equipamentos e realizar atividades de segurança do patrimônio e primeiros socorros.

E para tantos atributos, o profissional recebe um salário inicial de R$ 1.600,00, de acordo com a Catho.

O artigo continua após o anúncio

Ranking das piores profissões de 2017

Requisitos para ser bombeiro

  • Ser brasileiro (a) nato (a);
  • Ter concluído o ensino médio (2º grau completo). Há estados em que se exige o nível superior, por isso, veja o edital;
  • Estar em dia com as obrigações da Lei de Serviço Militar;
  • Se reservista, ter sido licenciado do serviço ativo, no mínimo, no comportamento “BOM”;
  • Não estar respondendo a processo de exclusão ou ter sido excluído, por motivo disciplinar, de qualquer instituição militar;
  • Não estar respondendo a processo ou inquérito criminal ou ter sido condenado por crime ou contravenção penal, civil ou militar. Se absolvido, salvo nas hipóteses de insuficiência de provas;
  • Se funcionário ou servidor público, não ter respondido nem estar respondendo a processo administrativo, cujo fundamento possa incompatibilizá-lo com o cargo de bombeiro militar;
  • Estar em dia com suas obrigações eleitorais;
  • Não apresentar patologia pré-existente, que constitua causa de incapacidade física, mesmo que temporária, ao serviço ativo do Corpo de Bombeiros;
  • Se militar, ter autorização de seu Comandante, Chefe ou Diretor para a participação no certame;
  • O candidato deverá estar em perfeitas condições físicas para realização dos testes de aptidão física.

Saiba como ser taxista e o investimento inicial

Bombeiro feminino

Em geral, as mulheres têm que passar pelos mesmos testes que os homens, a única diferença é que elas não fazem o alistamento e nem precisam ter sido reservistas.

Compartilhar Twittar Pin Email WhatsApp