Como fazer uma entrevista de emprego: guia completo para se sair bem

Quer saber como fazer uma entrevista de emprego e se destacar durante todo o processo seletivo? Veja como você deve proceder.

Para se destacar em uma entrevista de emprego, além de falar das suas qualificações acadêmicas e profissionais, é importante demonstrar que você pesquisou sobre a empresa e que pode contribuir com o quadro de funcionários. Saiba como fazer uma entrevista de emprego e se destacar.

Como fazer uma entrevista de emprego

Uma boa estratégia de como fazer uma entrevista de emprego é mostrar que seus conhecimentos podem contribuir para um bom desenvolvimento do trabalho. Por isso listamos algumas boas respostas e raciocínios que você poderá elaborar junto ao entrevistador durante um processo seletivo.

Boa memória

Muita gente acha que ser chamado para uma entrevista já é garantia de emprego. No entanto, esse processo nada mais que a segunda etapa de uma importante seleção, e você deve estar preparado para ela assim como se prepara para um concurso ou um vestibular – com a diferença que esse preparo pode começar com poucos dias de antecedência.

Assim que receber a notícia da entrevista, é hora de mergulhar em uma série de questões que devem ser respondidas da melhor forma possível. Comece selecionando de 5 a 10 situações que passou ao longo da sua vida profissional (ou acadêmica, caso ainda não tenha experiência) e avalie cada uma delas individualmente sob os seguinte aspectos: o que você aprendeu? Quais foram os desafios? Em qual competência elas se encaixam?

E não basta passar por esse questionamento rapidinho. Para evitar que “dê branco” na hora em que uma dessas situações lhe forem solicitadas, memorize cada uma delas e prepare-se para ter na ponta da língua a situação mais adequada para responder na hora.

Poder de convencimento

Em todas as entrevistas, o ideal é convencer o entrevistador que você é capaz de trabalhar no cargo oferecido. Por isso, uma vez compreendidas e memorizadas as situações e argumentos, é sempre bom ressaltar seus resultados e os obstáculos que superou ao longo da carreira profissional, além dos desafios é claro.

Dentre as metodologias sobre como fazer uma entrevista de emprego, é importante citar os projetos que você já realizou e como você e/ou sua equipe conseguiram alcançar ou superar os objetivos. Dessa forma, o examinador saberá como você se comporta em situações desafiadoras. Quer uma dica para facilitar a estrutura desse raciocínio? Adote o método “estrela”.

Principalmente se você já tem bastante experiência, mostrar resultados é fundamental. Sendo assim, é possível estruturar suas realizações na técnica “STAR”, ou seja, apresentar os dados na ordem Situação-Tarefa-Ação-Resultado.

Capacidade de planejamento

Quando o entrevistador perguntar “como você se vê daqui cinco anos?”, ele quer testar sua capacidade de planejamento a longo prazo. Não existe problema em falar dos seus planos futuros, só não é legal citar nomes de empresas, as quais você pretende trabalhar.

É importante passar para o entrevistador a sensação de que você quer uma relação duradoura com a empresa. Dessa forma, você deve mostrar suas competências ao longo do seu trabalho em empresas anteriores e como lidava com estresses, rotinas e possíveis problemas.

Seja confiante

Quando o entrevistador pedir para você fazer uma apresentação pessoal, ele quer que você fale, além dos seus dados pessoais, todas as suas experiências fundamentais para o cargo pretendido, resultados atingidos, funções desempenhadas, experiência técnica e quais eram os seus desafios.

Em toda a entrevista há o momento de uma das perguntas mais difíceis, que é falar sobre qual é o seu ponto forte e seu ponto fraco. Muitas pessoas relatam que perfeccionista é uma qualidade positiva, mas você pode substituir essa resposta por: “Meus relatórios são impecáveis” e sou “elogiado por isso, ou recebi mérito pelo trabalho que coordenei”.

Se sentir a necessidade, faça perguntas que demonstrem seu interesse pela empresa e pelo cargo. Ao contrário do que muitos imaginam, essa é uma tática muito bem vista pelos recrutadores. Mas seja inteligente – nada de perguntar algo que poderia facilmente ser respondido com uma busca no Google.

Sinceridade

Quando for falar dos defeitos, fale do que tem feito para melhorar esse problema e, em hipótese alguma caia nos clichês do “sou muito perfeccionista”. Você pode substituir “sou ansioso” por “procuro melhorar a minha ansiedade”. E dizer o que você faz para amenizar esse problema, que pode ser algum tipo de exercício ou meditação.

A sinceridade se aplica também a outros fatores, que você pode não fazer ideia que estão sendo analisados – como as suas redes sociais. Muitas empresas, antes mesmo de chamar um candidato para entrevista, dão aquela avaliada nos perfis do Facebook, Twitter e Instagram para conferir o profissional em um outro ângulo. Se por lá não há nada que te comprometa, seja coeso com seu perfil virtual. Não diga que você é uma pessoa caseira se todo final de semana está marcado em fotos de balada, por exemplo.

Na ponta da língua

Lembra do primeiro tópico, onde orientamos sobre memorizar as situações que deseja apresentar? Pois ela se repete também nessa última dica. Durante os dias (ou às vezes horas) que antecedem a entrevista, estude uma resposta para as seguintes perguntas: “o que você sabe sobre a empresa?” e “por que deseja trabalhar aqui?”.

Acredite, estas são perguntas praticamente complementares e será um erro se você, por acaso, responder que gostaria de trabalhar ali pois é um usuário da marca desde criança, por exemplo. Não é isso que o entrevistador quer saber. Ele busca no candidato alguém ciente da política da empresa, que esteja por dentro do estilo de trabalho ali dentro, se há ou não flexibilidade, dentre outros quesitos.

E se for uma entrevista de emprego por Skype?

E como fazer uma entrevista de emprego caso ela seja por Skype? Mesmo nesses casos, as respostas deverão ser as mesmas. A diferença é que você terá que prestar atenção em outros fatores, tais como: a organização do ambiente a sua volta, não ter barulho na hora da entrevista, olhar sempre para a câmera do computador e não para a tela e tomar cuidados com a sua linguagem facial e corporal.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...