Como escolher um convênio odontológico

Você sabe qual o melhor tipo de convênio odontológico para você? Há uma série de informações que você deve saber antes de escolher a operadora e o convênio. Confira algumas dicas.

Com preços acessíveis e um excelente custo-benefício, o convênio odontológico tem se tornado cada vez mais comum. Hoje, já são mais de 18 milhões os beneficiários de algum tipo de convênio. E a verdade é que há muitas opções de planos, mas você sabe escolher um convênio odontológico que se encaixe no seu perfil, nas suas necessidades e condições? Confira algumas dicas.

DICAS PARA ESCOLHER UM CONVÊNIO ODONTOLÓGICO

1. Convênio odontológico empresarial ou individual:

Se a sua empresa tem convênio com alguma operadora de saúde, é possível que haja cobertura para odontologia. Caso não haja, há muitas empresas que contratam especificamente o convênio odontológico. 

O plano empresarial é bem mais barato, mas a desvantagem é que você não pode controlar as condições do contrato, pois isto é feito pela pessoa jurídica contratante. Se você tiver necessidades especiais em relação aos procedimentos odontológicos, pode ser indicado contratar um plano individual

2. Cobertura:

Os convênios odontológicos mais básicos, cobre o Rol mínimo de procedimentos obrigatórios definidos pela ANS, o que não é pouco. Hoje, ao todo são 80 os procedimentos cobertos pelo convênio odontológico. A principal restrição são os procedimentos estéticos. 

Ainda assim, as operadoras oferecem diferentes níveis de cobertura, tente saber quais são exatamente as suas necessidades para decidir se vale a pena pagar mais caro por coberturas adicionais.

3. Rede credenciada:

Busque saber qual e quantas clínicas, consultórios e laboratórios fazem parte da rede credenciada, além de quantos profissionais e especialistas em cada área. Uma rede credenciada limitada pode fazer você esperar semanas por uma consulta. 

4. Simule e compare:

Faça simulações e compare preços, cobertura, rede credenciada e condições. Consulte também o site da ANS e pesquise se a situação da operadora de saúde está regular antes de assinar o contrato.  

Leia também » As vantagens de ter um convênio odontológico.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...