Como comprar moto usada financiada

Com a retração de crédito para compra de veículos, comprar moto usada financiada tornou-se mais difícil, mas ainda assim há boas possibilidades.

Os últimos anos têm sido marcados pela retração de crédito para financiamento de veículos. Financiar moto ou carro tornou-se mais difícil e burocrático, os bancos estão cada vez mais exigentes por causa da alta taxa de endividamento das famílias brasileiras e também devido à inadimplência. Mas, ainda assim, é possível comprar moto usada financiada.

O que fazer para comprar moto usada financiada?

Apesar das burocracias, alguns bancos ainda oferecem a possibilidade de comprar moto usada ou nova através de financiamento. E as condições são sempre mais favoráveis para quem já é cliente do banco onde buscará o financiamento.

É o caso da Caixa Econômica Federal, que anunciou uma redução na taxa de financiamento para motos, com condições muito favoráveis exclusivas para clientes do banco. No caso das motos usadas, o financiamento só era liberado para motos com até dois anos de fabricação. Dependendo do prazo do financiamento, era possível pagar até 0,75% de juros ao mês.

Financiamento para comprar moto usada é mais caro

Da mesma forma como acontece com os carros, as taxas de financiamento para comprar moto usada são mais altas. Por isso, uma saída para quem quer comprar moto usada financiada, ´é comprar o ágio de uma moto, comprada zero quilômetros, e continuar pagando o financiamento.

Mas, atenção é preciso saber o motivo da venda e ter muito cuidado para não entrar numa furada. Pesquise as taxas de juros atuais para não assumir prestações com taxas de juros muito altas. No caso da moto ter sido comprada com juros ao mês elevados, você pode tentar negociar o preço pago pelo ágio.

E lembre-se, se a necessidade da moto não é imediata, há sempre outras soluções mais baratas e seguras, como o consórcio de moto, ou mesmo fazer uma poupança para comprar a moto à vista.

Dicas para financiar moto

Entenda como funciona o financiamento

Antes de qualquer coisa, você deve adquirir uma nova dívida, você deve entender como funciona o financiamento. Basicamente, você pega o dinheiro que necessita e paga o valor de volta ao banco através de parcelas mensais, que contém juros. Para iniciar o pagamento é preciso dar um valor de entrada, quanto maior este valor, menores são as parcelas e o juros.

Consulte o seu CPF

Se você está com o CPF negativado, dificilmente o seu financiamento será aprovado. O banco faz análise de crédito para verificar se o potencial cliente é um bom pagador e tem condições de honrar a dívida até o final. Por isso, verifique se o seu CPF está regularizado, caso não esteja é recomendado regularizá-lo conseguir a aprovação do financiamento.

Pesquise os melhores bancos para financiamento

Não faça o financiamento de moto no primeiro banco que encontrar. Faça uma pesquisa ampla para verificar quais são os bancos que oferecem os valores e juros mais em conta. Procure fazer orçamentos em todas as instituições financeiras do seu interesse.

Simule o financiamento de moto

Para que você tenha certeza de que está escolhendo a melhor opção de banco para financiar a moto, o mais indicado é fazer uma simulação de financiamento, o que pode ser feito tanto nos sites quanto diretamente nas unidades físicas das financiadoras. Com a simulação, você pode saber a quantidade de parcela e de juros que vai pagar até quitar a dívida.

Dê uma entrada no financiamento

Para que o valor das parcelas e os juros fiquem menos pesados para o seu bolso, você deve dar uma entrada no financiamento. Procure economizar dinheiro por um ou dois meses até ter uma quantidade considerável para dar de entrada. Quanto maior for esta quantia, consequentemente menores serão as parcelas e as taxas de juros.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...