Veja como calcular margem de lucro de um produto ou serviço

Mesmo com alguma noção de como calcular margem de lucro, veja como os empresários podem contabilizar estes valores de maneira efetiva e competitiva.

Praticamente todos entendem o conceito de lucratividade ou ao menos possuem uma vaga noção de como calcular margem de lucro, seja para produtos ou serviços. No entanto, na hora de aplicar estes cálculos, muitos se atrapalham e acabam não contabilizando o necessário para manter o negócio viável e competitivo. Veja como calcular de maneira eficaz e lucrativa.

Conheças as startups brasileiras que tiveram sucesso em 2015

Como calcular margem de lucro?

O conceito de como calcular margem de lucro é simples. Lucro é o retorno positivo de um investimento, ou seja, é o que sobra de uma transação, menos os custos de mercadorias e despesas.

No entanto, é logo aí que o primeiro erro acontece. Os custos citados tem por abrangência todas as despesas que a empresa tem na elaboração do produto ou serviço, sejam elas fixas, variáveis ou operacionais, o que inclui o pró-labore. O erro acontece pois a maioria das pequenas empresas leva em conta somente o mark-up (indicador de quanto do preço do produto está acima do seu custo de produção e distribuição), considerando apenas o custo de aquisição e deixando de lado o fato de que o produto deve remunerar os custos também com matérias primas, aluguel, salários, custos de escritório de contabilidade, aquisição e manutenção de máquinas e equipamentos, entre outros, assim como tributos e outras despesas adicionais.

Como calcular margem de lucro com base no mark-up

Usando apenas esse conceito, podemos ter como base o seguinte exemplo: uma empresa vende cerca de 40 mil unidades de determinado produto com lucro líquido de R$ 50. Para chegar neste valor final, estão incluídos R$ 25 de custos variáveis de produção, R$ 50 mil ao mês em custos fixos operacionais e R$ 20 mil em demais despesas. Com base nestes valores, teríamos o seguinte cálculo:

(Lucro Unitário) / (Custo Variável Unitário) = (Preço – Custo Variável unitário) / (Custo Variável Unitário) = (50 – 25) / 25 = 1 ou 100%.

Devemos então primeiro compreender todo o funcionamento da empresa e saber perfeitamente todo o custo envolvido. Com isso em mãos, traçamos nossa meta de remuneração desse capital investido, o qual não deve ser menor que 4%, sem se esquecer dos preços praticados no mercado e na competitividade que pretende gerar para seus clientes e concorrentes.

Calculando o lucro com o conceito de margem bruta

O conceito de margem bruta consiste onde se tenta incluir lucro operacional total e receita líquida da empresa, menos impostos sobre vendas, devoluções e abatimentos.
Se usarmos a mesma empresa onde aplicamos o mark-up como base, a margem bruta [(Receita Líquida – Custos Operacionais) / Receita Líquida] será o equivalente a 200.000 – 150.000 / 200.000 = 50.000 / 200.000 = 0,25 ou 25%.

Saiba o que é preciso para vender comida e lucrar

Calculando o lucro com o conceito de margem líquida

Deve-se também prestar atenção a margem líquida (relação entre lucro líquido e receita líquida) analisando a margem que fica nas mãos do empresário por cada produto vendido, pois uma empresa com muitas despesas pode apresentar boa margem operacional mas acabar em prejuízo. Se analisarmos o mesmo modelo sob o conceito da margem líquida teremos 200.000 – 170.000 / 200.000 = 30.000 / 200.000 = 0,15 ou 15%.

É visível a diferença entre os resultados obtidos por diferentes conceitos. Por esse motivo é importante um profundo conhecimento da empresa e do mercado em que atua, evitando o uso de apenas um indicador. Isso garante que o lucro realmente chegue a empresa e permita ao empresário ser competitivo, investir em um marketing agressivo e lucrar com seu produto ou serviço.
 

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...