As 10 cidades com maior oferta de emprego no Brasil

Cansado de receber sempre “não” como resposta quando busca por uma nova oportunidade? Confira as cidades com maior oferta de emprego no Brasil e candidate-se.

Enquanto em alguns lugares a disputa por uma vaga é ferrenha, em outros não faltam oportunidades. As cidades com maior oferta de emprego do Brasil concentram boa parte dos postos de trabalho; incrivelmente, grande parte delas não está entre capitais, mas sim no interior do país.

Muitos continuam pessimistas, já que os resultados da crise econômica resultaram em mais de 13 milhões de desempregados – quase como se toda a cidade de São Paulo estivesse sem emprego. Apesar de estarem de portas fechadas para diversos setores como o comércio, a indústria, serviços, tecnologia da informação, logística e administrativo são os que mais empregam.

Cidades com maior oferta de emprego

Enquanto oportunidades se fecham de um lado, podem se abrir – até mesmo em abundância – em outros. Veja quais são as cidades com maior oferta de emprego, que sobreviveram à crise e ainda oferecem boas oportunidades à quem saiu como vítima dessa recessão.

1. São Paulo (SP)

A terra da garoa é também terra de oportunidades. Aliás, já são anos liderando a lista das cidades com maior oferta de emprego no Brasil. Além disso, quando comparada com outras capitais, tem uma concorrência bem menor, 16 candidatos por vaga.

Em 2016, a capital fechou 135,093 postos de trabalho devido à crise, mas ainda assim oferecem oportunidades para quem procura por emprego nos setores certos. Os setores que mais contratam em São Paulo são os de construção civil, serviços e tecnologia da informação. Os salários também são mais elevados que no resto do país. Um profissional de TI, por exemplo, ganha em média R$ 83 mil por ano, enquanto no resto do país esse valor é de R$ 74 mil.

2. Brasília (DF)

A capital do país figura na lista das cidades com maior oferta de emprego no Brasil e com razão de ser. Mesmo com o cenário negativo perante a crise que assola o país, propostas não faltam a quem busca por novas oportunidades.

O maior número de vagas foi verificado no setor de serviços de utilidade pública, mas a construção civil veio logo a seguir. Um profissional desse setor ganha em média R$ 1.284.

3. Curitiba (PR)

O Sul do país aparece representado no top 3 das cidades com maior oferta de emprego no Brasil por Curitiba. O município tem ainda a menor taxa de desemprego entre as capitais brasileiras. De acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o estado do Paraná foi o terceiro que mais criou novas vagas de emprego em 2017, totalizando 14.935 oportunidades com carteira assinada.

O salário médio em solo curitibano ronda dos R$ 1.500 e os setores mais aquecidos atualmente são os de serviços – em especial o de telemarketing -, e principalmente a indústria.

4. Goiânia (GO)

Goiânia está em absoluta ascenção quando o assunto é postos de trabalhos criados. Nos últimos 14 anos, subiu muitos lugares e agora é a quarta entre as cidades com maior oferta de emprego no Brasil.

Acompanhando a tendência do país, a indústria e o setor de serviços – novamente, telemarketing – são os que apresentam maior crescimento absoluto. A média salarial na cidade é de R$ 1.750, sendo que os salários mais altos estão na Administração pública.

5. Porto Alegre (RS)

Porto Alegre já foi denominada como capital do pleno emprego e a situação geral continua a ser muito vantajosa para quem busca uma oportunidade. Por esse motivo, a capital do Rio Grande do Sul é a quinta entre as cidades com maior oferta de  emprego no Brasil, sendo engolida pela crise somente por cidades no interior do Estado – que sobrevivem do agronegócio.

Mesmo estando entre as cidades que mais emprega, só nos três primeiros meses 2017 foram contabilizados o fechamento de 3.472 vagas. Tecnologia da informação ainda é o setor que sobrevive no Estado, com salário médio que ultrapassa os R$ 8 mil; o setor de serviços, sempre forte em Porto Alegre ainda se reergue da crise, e deve ser o último a se recuperar.

6. Rio de Janeiro (RJ)

O Rio de Janeiro continua lindo, o Rio de Janeiro continua… sendo uma das cidades com maior oferta de emprego no Brasil. Nos últimos anos, inclusive a mão de obra tem se tornado mais qualificada e, neste momento, os trabalhadores com ensino médio completo são maioria.

O setor de serviços e as indústrias de transformação são muito expressivos. O salário médio na cidade é de R$ 2.300.

7. Santa Cruz do Sul (RS)

Mais uma “não capital” entre as cidades com maior oferta de emprego no Brasil, Santa Cruz do Sul tem mais de 60% do seu PIB concentrado na indústria de transformação, especificamente a do tabaco.

Driblando a crise econômica, a cidade ganhou o primeiro lugar em 2017 pelo maior número de vagas de emprego criadas somente no primeiro trimestre deste ano, totalizando 5.064 oportunidades.

8. Franca (SP)

Franca é uma cidade quase completamente industrial. Por esse motivo, pode-se inferir que a maior parte das vagas está concentrada nessa área. O setor calçadista é o maior empregador de todos.

Apesar da hegemonia da indústria, serviços e construção civil encontram o seu espaço e são responsáveis também pelo aparecimento do município no ranking. Em 2017, Franca ganhou o segundo lugar entre os maiores criadores de emprego deste primeiro trimestre, contrariando todas as expectativas. Foram 4.936 novas vagas criadas.

9. Três Lagoas (MS)

Está sobrando emprego em Três Lagoas. A cidade no interior no Mato Grosso do Sul é mais um dos nomes que surpreende no ranking. Por lá, o agronegócio explica a ascensão, e a indústria de celulose também contribuiu fortemente para a criação de novos empregos, exportando para Estados Unidos, Ásia e Europa.

Em 2016, enquanto 1,3 milhão de vagas foram fechadas no país, Três Lagoas abriu novos 3,5 mil postos de trabalho. Perdendo apenas para a capital, a cidade possui o segundo maior PIB do Estado.

10. Joinville (SC)

Joinville destaca-se pelo aumento exponencial nas vagas no setor de serviços. A tendência já verifica-se a alguns anos. Enquanto isso, a área comercial é a que menos oferta trabalho.

O salário médio nos serviços é em torno de R$ 1.200, mais baixo que no setor industrial, mas ainda assim concentra um número mais expressivo de trabalhadores.

Melhores salários no interior

Apesar de muitas capitais estarem entre as cidades com maior oferta de emprego no Brasil, alguns dos melhores salários estão no interior. No Mato Grosso do Sul, em cidades como Dourados e Três Lagoas, os salários rondam os R$ 5 mil para profissionais qualicados, mesmo que apenas técnicos, especialmente na área da Engenharia.

No Rio Grande do Sul, os empregos voltados ao agronegócio são os que sobrevivem com louvor no Estado, onde Santa Cruz do Sul lidera a abertura de empregos, seguida por Vacaria, Venâncio Aires, Caxias do Sul e Passo Fundo. Já em Minas Gerais, as vagas sobram em Nova Serrana, nas indústria de calçados.

Nos grandes centros urbanos, as profissões mais bem pagas são mais escassas. A área de TI leva a melhor nesse quesito. Os salários partem de R$ 1.200 e podem até ultrapassar os R$ 20 mil.

Como procurar vagas

Agora que você já sabe quais as cidades com maior oferta de empregos no Brasil, que tal procurar uma oportunidade? Selecionamos alguns sites que podem te ajudar nessa missão. Confira a lista e boa sorte!

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...