Cerca de 170 mil ainda têm direito a restituição do Imposto de Renda

O valor total chega a o valor de R$ 370 milhões. Desse total, um pouco mais de R$ 6 milhões referem-se a 21.130 contribuintes idosos e 2.232 contribuintes com alguma deficiência física

Cerca de 170 mil contribuintes ainda têm direito de resgate da restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física. Trata-se das residuais, referentes aos exercícios de 2008 a 2016. O valor total chega a o valor de R$ 370 milhões. Desse total, um pouco mais de R$ 6 milhões referem-se a 21.130 contribuintes idosos e 2.232 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

O montante está disponível desde segunda-feira, 9, para consulta.

Como saber se tive a declaração de imposto de renda liberada?

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do Imposto de Renda e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Restituição

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Cronograma

O cronograma do Programa do Imposto de Renda da Pessoa Física para 2017 já está pronto. O Programa do IRPF contempla, além da Declaração de Ajuste Anual da Pessoa Física, vários programas e aplicativos que visam facilitar o cumprimento das obrigações tributárias por parte dos contribuintes.

Confira abaixo o cronograma Programa do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física para 2017:

  • 20 de janeiro – Disponibilização dos programas auxiliares para download (Carnê-Leão e Ganho de Capital) no endereço da RFB
  • 23 de fevereiro – Disponibilização do Programa Gerador da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física 2017 (DIRPF 2017) para para download no endereço da RFB; fim da disponibilização do rascunho da declaração referente à DIRPF.
  • 2 de março – Início da recepção da DIRPF 2017; disponibilização das Declarações m-IRPF e pré-preenchida.
  • 28 de abril – Fim do prazo de apresentação da DIRPF 2017

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...