Celular clonado: como descobrir e o que fazer

Conheça as probabilidades de ter o celular clonado e confira algumas dicas para não cair nesse tipo de fraude que vem acontecendo há bastante tempo.

Ter o celular clonado não é tão raro como algumas pessoas pensam.  medida que os celulares vão se modernizando e novas tecnologias são agregadas aos aparelhos, novas técnicas fraudulentas passam a ser praticadas. Confira quais são as formas mais comuns de clonagem de celular e saiba como se proteger.

5 coisas a verificar antes de comprar um celular usado

O que significa ter um celular clonado?

Para resumir a definição do que realmente é um celular clonado, podemos dizer que existe uma cópia exatamente igual ao do seu celular, mas cópia essa que é usada de forma que parece existir na verdade apenas um único aparelho.

É que essa cópia reproduz fielmente os principais dados do aparelho original que foi copiado. Ou seja, existe outro aparelho em outro lugar que usa o mesmo número de ligação e possui o mesmo número de identificação de série que o equipamento que foi clonado.

Existe caso de pessoas que só percebem que tiveram seus aparelhos clonados quando recebem uma conta altíssima da operadora por conta dos altos gastos com ligações e acesso à internet. Mas esses gastos todos foram causados por esse “clone” do aparelho original.

Como um celular é clonado?

Os criminosos procuram clonar aparelhos que utilizam tecnologia CDMA, o que significa que possuem números eletrônicos de identificação. Dessa forma, através de um scanner, a linha de um celular ligado é identificada e todas as informações do aparelho são copiadas.

Em caso de celulares GSM, aqueles que possuem IMEI (número de identificação internacional de aparelho móvel), só é possível realizar essa ação criminosa através da cópia do cartão SIM (já que as informações ficam registradas no dispositivo).

Sinais que indicam que um celular foi clonado

Para identificar que você está com um celular clonado, existem alguns pontos que podem ajudar, além é claro das cobranças indevidas das operadoras. Veja quais pontos você deve atentar para notar isso:

  • Recebimento constante de chamadas vindas de vários DDDs diferentes
  • Dificuldade para finalizar ligações e de receber (sinal de ocupado constante)
  • Amigos relatam que acabaram falando com alguém estranho ao discar o seu número
  • Chegam mensagens SMS com confirmações de compras ou outras informações que você desconhece

O que fazer se o meu celular foi clonado?

Independente de qual tecnologia é a do seu aparelho, sempre que notar uma anormalidade que seja compatível com a clonagem de celular, ou caso tenha perdido o aparelho, solicite o bloqueio imediato da linha.

O fato deve ser relatado para que seja aberto uma ocorrência junto à operadora. Neste caso, recomenda-se anotar o nome do atendente, data, hora e protocolo da ocorrência, caso seja realizado por telefone ou, se for presencial, solicitar a cópia impressa do registro feito.

Como diferenciar um celular pirata de um original

Dicas de segurança:

É possível tomar algumas providências para evitar que você tenha um celular clonado:

  • Troque o seu celular antigo por um de tecnologia moderna;
  • Caso precise reparar algum dano no aparelho, procure por empresas autorizadas;
  • Revise a sua conta de celular, para ter certeza que não estão utilizando a sua linha;
  • Tenha atenção às ligações da suposta operadora e nunca revele dados ou pressione teclas;
  • Evite fazer ligações de locais públicos, como aeroportos e rodoviárias por exemplo. Esses são espaços perfeitos para os criminosos utilizarem seus scanners e clonarem vários aparelhos.

A operadora deve ajudar a descobrir se estou com um celular clonado?

A resposta para essa pergunta é sim! Segundo o próprio Regulamento do Serviço Móvel Pessoal no Brasil, “a prestadora deve dispor de meios para identificar a existência de fraudes, em especial aquelas consistentes na utilização de Estação Móvel sem a regular Ativação utilizando Código de Acesso a outra Estação Móvel”. Então em casos como esse, é importante contar com a ajuda das operadoras móveis.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...