Os carros usados que mais se desvalorizam com o tempo de uso

Tem de tudo um pouco entre os carros que mais se desvalorizam, desde esportivo de luxo até sedãs de todas as categorias. Confira os prós e contras de cada.

Tendo em vista que o último ranking dos carros com maior depreciação inclui os modelos novos que mais perdem valor de mercado, é certo dizer que eles serão, no ano subsequente, os carros usados que mais se desvalorizam.

Atualmente, o ranking é elaborado tendo como base o Selo Maior Valor de Revenda, que lista os carros que menos sofrem depreciação após um ano de uso. O ranking, elaborado pela revista Autoinforme, usa a tabela Molicar como referência, e é também um prêmio para o veículo que consegue ser o menos desvalorizado de sua categoria.

Leia também: Os 10 melhores carros usados do mercado 
 

Estes são os 10 carros usados que mais se desvalorizam

Para quem tem a intenção de comprar um carro seminovo é interessante saber quais são os que mais perdem valor após um ano, já que vai pagar uma diferença maior por um período mínimo de uso.

Em 2017, os carros usados que deverão ser os mais desvalorizados, todos versão 2015, serão, com base na tabela FIPE:

1 – Citroen C3 Picasso

  • Preço: R$ 37.442

Retirado de circulação para dar lugar ao Aircross, o C3 Picasso é equipado com motor 1.4 de 93 cv a etanol e 89 cv de potência a gasolina. Sua direção é hidráulica e o veículo conta com ar condicionado, porta luvas com refrigeração e computador de bordo com consumo médio, instântaneo e que mede a autonomia de combustível.

2 – Chery Tiggo

  • Preço: R$ 42.845

O Chery Tiggo é um dos poucos modelos monocombustível do mercado, ou seja, só funciona a gasolina. Seu motor 2.0 rende 138 cv de potência, e em seu interior o acabamento de luxo com imitação de alumínio e couro é um plus para um SUV razoavelmente equipado. Por esse preço, poucos modelos oferecem tanto.

3 – JAC J3 Turin

  • Preço: R$ 32.551

Para um carro com motor 1.5, até que o JAC J3 Turin desenvolve potências consideráveis, 127 cv a etanol e 125 cv a gasolina. O sedã compacto conta com conexão externa USB para entretenimento, rodas de liga leve aro 15 e volante com ajuste de altura.

4 – Hyundai Elantra

  • Preço: R$ 68.075

Entre os principais carros usados que mais se desvalorizam, pesa contra o Elantra seu porta malas bastante reduzido para um sedã médio, já que comporta apenas 420 litros. Se você não se importa com esse item, poderá contar com um carro 2.0 com potência de 178 cv a etanol e 169 cv a gasolina.

Além disso, o Elantra tem direção elétrica, 6 airbags, botão de partida, conexão externa para iPod e USB, tela de 7.0 polegadas para entretenimento e sistema de navegação completo com recurso de voz.

5 – Citroën C4 Lounge

  • Preço: R$ 54.530

Para um carro com motor 2.0 e potência de 151 cv a etanol e 149 cv a gasolina, ter direção mecânica não é nada desejável. Assim como a maioria dos sedãs médios, o C4 Lounge também conta com conexão para entretenimento externa, e recurso de Bluetooth.

É um dos poucos modelos com frenagem BAS e ar condicionado com duas saídas traseiras automático, além de porta luvas refrigerado.

6 – Chevrolet Cobalt

  • Preço: R$ 37.605

Já no caso do Cobalt, embora seja um sedã compacto, seu porta malas dá um banho no do Elantra, já que comporta até 563 litros, um dos maiores dos carros usados que mais se desvalorizam ano 2015.

7 – Chery Celer Sedan

  • Preço: R$ 30.624

Convenhamos, pagar R$ 30.624 por um sedã compacto equipado com direção hidráulica, ar condicionado, computador de bordo que indica o consumo de combustível na hora e sensor de estacionamento traseiro não chega a ser mau negócio. Pesa também a favor o motor 1.5 de 113 cv de potência a etanol e 109 cv a gasolina.

8 – Citroën Aircross

  • Preço: R$ 44.157

Como a proposta do Aircross é ser meio off road – só tem tração dianteira – ele vem equipado com bússola e um inusitado inclinômetro. Além desses itens, o SUV da Citroen conta com porta luvas refrigerado, acabamento de luxo imitando fibra de carbono no interior e computador de bordo com medição de consumo e autonomia de combustível.

9 – BMW Série 5

  • Preço: R$ 178.503

Carros de luxo perdem valor de mercado justamente pela baixa procura. Por isso, adquirir um modelo seminovo pode ser um bom negócio. Entre os carros usados que mais se desvalorizam, o Série 5 da BMW é o único da categoria.

10 – Hyundai Grand Santa Fe

  • Preço: R$ 147.527

O mesmo princípio de perda de valor se aplica à versão top de linha do SUV Santa Fe da Hyundai. Carro para um mercado mais premium, com pouca procura, portanto, maior desvalorização após um ano depois que sai da concessionária.

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...