Os carros com manutenção mais cara no Brasil

Veja os carros com a manutenção mais cara nas categorias Hatch e Sedan, segundo o IMV e também de acordo com opinião de alguns donos de veículos.

Comprar um carro pode ser a realização do sonho de muita gente. O problema é quando esse sonho se torna um pesadelo, porque você comprou um carro muito caro para manter sem saber. Alguns modelos e marcas têm a manutenção especialmente cara, seja porque as peças não são fabricadas no Brasil ou porque o custo da mão de obra é muito alto, devido a tecnologias complexas e delicadas, por exemplo. Confira uma lista com alguns dos carros com manutenção mais cara no Brasil nas categorias Hatch e Sedan.

Índice de Manutenção Veicular – IMV

O Índice de Manutenção Veicular -IMV do Cesvi, classifica os custos de manutenção dos veículos de acordo com a categorização e motorização, até 100 mil quilômetros, seguindo as definições e recomendações de manutenção dos fabricantes.

O IMV é uma referência importante não apenas no quesito custos de manutenção, mas também de carros mais seguros, mais furtados, entre outros indicadores. O índice varia de 10 a 60, sendo que 10 atribuído aos veículos com menor custo de manutenção, e 60 aos veículos com maior custo de manutenção. Os custos avaliados pelo IMV dizem respeito aos gastos com mãoo de obra, troca de peças, além de manutenção preventiva e preditiva.

Hatchs compactos com manutenção mais cara

Os carros na categoria Hatch compacto que tiveram maior pontuação no quesito custo da manutenção, segundo o IMV, Cesvi, foram:

Modelo: Fit

Versões: EX 1.5 16V SOHC I-VTEC Flex
Montadora: Honda
Pontuação IMV – 28

Modelo: Novo Sandero Step Way

Versões: 1.6 HI Flex
Montadora: Renault
Pontuação IMV – 26

Modelo: 207 Hatch

Versões: Active 1.4 Flex
Montadora: Peugeot
Pontuação IMV – 26

Modelo: Novo Sandero

Versões: Expression 1.9 e 1.6 16V Flex, Dynamic 1.6 8V Flex, R.S 2.0 16V, Authentique 1.0 16V Flex
Montadora: Renault
Pontuação IMV – 25

Modelo: Novo C3

Versões: 1.2 Manual origine puretech, 1.6 Auto exclusive, 1.2 Manual atraction puretech, 1.2 Manual style edition puretech, 1.2 Manual tendance puretech, 1.6 Auto tendance, 1.6 Auto style edition, 1.5 Origine 8V Flex, 1.5 Tendance 8V Flex, 1.6 Exclusive
Montadora: Citroen
Pontuação IMV – 25

 

Sedans compactos com manutenção mais cara

Os carros na categoria Sedan compacto que tiveram maior pontuação no quesito custo da manutenção, segundo o IMV, Cesvi foram:

Modelo: City

Versões: DX 1.5 16V SOHC I-VTEC Flex manual, SPORT 1.5 16V SOHC I-VTEC Flex manual
Montadora: Honda
Pontuação IMV – 24

Modelo: Logan

Versões: Expression 1.6 Flex, Dynamique 1.6 8V Flex
Montadora: Renault
Pontuação IMV – 24

Modelo: Cobalt

Versões: LS 1.4 8V Econo Flex, Advantage 1.4 8V Econo Flex, LT 1.8 8V Econo Flex, Advantage 1.8 8V EconoFlex, Elite 1.8 Econo Flex
Montadora: Chevrolet
Pontuação IMV – 24

 

Hatchs compactos com manutenção mais barata

Os carros na categoria Hatch compacto que tiveram menor pontuação no quesito custo da manutenção, segundo o IMV, Cesvi foram:

Modelo: Celta

Versões: LS 1.0 VHCE FlexPower, Advantage 1.0 CHCE Flexpower
Montadora: Chevrolet
Pontuação IMV – 20

Modelo: Novo Uno

Versões: Vivace 1.0, Way 1.0 e 1.4 Sporting 1.4
Montadora: Fiat
Pontuação IMV – 20

Modelo: Etios Hatch

Versões: XLS 1.5 16V T-Flex
Montadora: Toyota
Pontuação IMV – 20

Modelo: Gol

Versões: Trendline 1.0 e 1.6, Comfort line, Highline, 1.0 e 1.6 Total Flex 3P e 5P, Seleção 1.0 e 1.6 Total Flex 3P e 5P, Track 1.0, Rallye 1.6
Montadora: Volkswagen
Pontuação IMV – 20

 

Sedans compactos com manutenção mais barata

Os carros na categoria Hatch compacto que tiveram menor pontuação no quesito custo da manutenção, segundo o IMV, Cesvi foram:

Modelo: Logan

Versões: 1.0 Flex Fuel
Montadora: Renault
Pontuação IMV – 20

Modelo: Etios Sedan

Versões: 1.3 e 1.5 Total Flex
Montadora: Toyota
Pontuação IMV – 20

Modelo: Voyage

Versões: 1.0 Flex Fuel
Montadora: Volkswagen
Pontuação IMV – 20

Fonte: Cesvi
 

Carros com manutenção mais cara, segundo proprietários

Confira quais carros foram considerados como uma “furada” quanto ao valor da manutenção, segundo a opinião de seus próprios donos.

Chevrolet Malibu

O Chevrolet Malibu LTZ 2.4 16V chamou a atenção de muitos compradores pelo seu estilo e pelo preço oferecido. O carro é automático e tem preço médio de R$ 63.225,71. No entanto, muitos compradores ficaram criticaram os custos de manutenção do carro e apontaram a suspensão como o pior problema do veículo. Confira opiniões de quem tem um Chevrolet Malibu:

  • “Peças de reposição muito caras e sem disponibilidade de estoque”
  • “ Suspensão e caixa de direção muito ruins, o carro não foi fabricado para nossas estradas brasileiras. E as peças são muito caras”
  • “ O meu tem um barulho constante na suspensão dianteira”

Ford Ranger G2

O Ford Ranger G2 sempre foi conhecido por ser um carro forte. E quanto a isso, os donos desse carro não reclamam. A caminhonete, com preços entre R$ 82.000,00 e R$ 162.300,00, apresenta problemas que desagradaram muitos compradores. As reclamações se referem especialmente ao alto consumo de combustível do carro, e também à troca peças. Veja opiniões:

  • “ Gasta um horror de combustível. O sistema de refrigeração, estoura a mangueira e funde o motor, e quando você tenta trocar, os preços são absurdos”
  • “Motor deu problema. Suporte da fábrica é muito ruim”
  • “ Necessita as novas a serem fabricadas, vir com um motor mais econômico, bem como as manutenções periódicas serem mais acessíveis”

Honda CRV

O Honda CRV tem dividido opiniões. A maior parte de seus donos diz que o carro apresenta um excelente custo benefício, isso porque o carro não costuma apresentar problemas. Mas quando apresenta, os donos podem viver situações complicadas. As principais reclamações são sobre o desempenho e o consumo. O valor do carro está entre R$ 98.900,00 e R$ 115.900,00. Confira as principais reclamações:

  • “Não abuse em curvas, retomadas de velocidade é preciso muitas vezes colocar no d3 e cravar o pé no acelerador para ter uma resposta considerável, péssima arrancada”
  • “ Baixa potência do motor em aclives e nas retomadas, principalmente se estiver carregado”
  • “ Adoro o carro, mas a manutenção me custa quase o financiamento de um outro 0km”

Ford Fusion

O Ford Fusion é um outro exemplo de carro que tem donos apaixonados pela máquina, mas frustrados com o preço de manutenção. O valor desse Sedan está entre R$ 102.700,00 e R$ 129.900,00, e as reclamações são quanto ao alto consumo de combustível, elevados valores praticados para manutenção, em especial, no que se refere a problemas de suspensão. Veja opiniões:

  • “ Comprei o carro esse ano, logo após a compra apresentou defeito em dois sensores que fazem o controle de pressão dos pneus, custou R$394,00 cada sensor mais R$ 100,00 à hora trabalhada, outro defeito que ocorreu foi que o carro perdia a potencia e eu tinha que parar desligar e ligar custo da peça R$ 794,00 mais a mão de obra, após isso começou um vazamento em um retentor da caixa de marcha dali em diante não fiz mais manutenções na FORD pois a mesma não tinha a peça e não tinha previsão de chegada. conserto me custou R$ 2.895,00”
  • “Muito baixo paras ruas brasileiras raspa com facilidade”
  • “ Péssima autonomia. Opreço das peças na FORD tem um preço que posso chamar de ridículo de tão caro, existem peças similares no mercado paralelo de mesma qualidade, como pastilhas, correias, velas, etc por um preço incomparável.” 

Chevrolet S10

Essa pick up foi a queridinha de muita gente há anos atrás, e agora muitos compradores estão tendo dificuldades para revender o carro. A notícia de que a manutenção e o consumo são altos e a estabilidade é baixa, se espalhou e afungentou possíveis compradores de segunda mão. Atualmente, o modelo novo custa a partir de R$ 78.200,00. Veja opiniões:

  • “Suspensão, estabilidade e custo de manutenção são os pontos fracos do carro”
  • “Pontos contra: pneus, consumo combustível, local da parte elétrica dos vidros molha fácil e dá defeito, farol de milha queima direto"
  • “ Me sentia o rei do gado com o carro até o dia que ele me deixou na mão e o reparo foi caro e as peças demoraram 3 meses pra chegar”

6. Jac T8

O Jac T8 é um carro que começa a aparecer agora pelas pistas brasileiras e tem agradado seu donos. No entanto, quando apresentam problemas a troca de peças é complicada, porque nem todas as peças são fabricadas no país e a distribuição ainda é limitada. A manutenção do carro custa caro, cerca de R$820 reais a cada 10.000km rodados. O valor do carro também não é barato, saindo da concessionária, o T8 custa a partir de R$ 114.990,00. Confira opiniões:

  • “Não compraria um carro dessa marca de novo, porque ainda é pouco expressiva no Brasil. Eu fiquei sem o carro por dias por atraso na reposição de peças”
  • “Fora o custo da manutenção, não tenho do que reclamar”

7. Citröen Xsara Picasso

Os carros importados passam todos pelo problema do alto custo de manutenção. O XSara Picasso passou por avaliações positivas de seus donos principalmente por ter um preço muito em conta (cerca de R$38.900,00), mas esbarrou na suspensão. E na hora de fazer a manutenção e reparo, as reclamações ficaram numerosas. Confira opiniões

  • “ Dependendo da cidade, dificuldade para achar peças por conta da marca do veiculo”
  • “Achei as peças muito caras na concessionárias”
  • “ Suspenção com ruídos e peças caras”
  • “Tive que efetuar a manutenção, com troca de correia dentada, rolamentos, bomba dagua, freios dianteiro e traseiro, etc,gastando R$4000,00. Achei muito caro”

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...