Carro alienado: cuidados ao comprar ou vender

Você vai comprar ou vender um carro alienado e não sabe como funciona o processo de transferência? Confira as dicas e os cuidados a tomar.

O carro alienado é um veículo que não foi quitado, ou seja, ainda está com um financiamento ou leasing a decorrer. É possível comprar ou vender um carro alienado, mas é preciso seguir rigorosamente os trâmites legais para não ter problemas. Há duas alternativas para negociar um carro alienado: quitar a dívida para então vender o veículo ou transferir a dívida para o comprador.                    

Antes de vender e transferir o veículo para o novo proprietário é preciso quitar a dívida do carro alienado com a instituição financeira. Esta é uma oportunidade para pagar menos, uma vez que a quitação antecipada pode ter o desconto dos juros sobre as parcelas restantes.

A outra alternativa é fazer a transferência da dívida, vendendo o carro para outra pessoa. Neste caso, é preciso comparecer à instituição financeira, acompanhado do comprador, para que seja realizada a análise de crédito. Assim que o crédito for aprovado para o novo comprador, já é possível concluir a negociação. Em alguns casos, pode haver a necessidade de pagamento de taxas de serviço.
 

Outra opção, menos usual, é fazer a substituição do bem. É preciso conferir quais são as regras pré-estabelecidas pela instituição financeira. Na maioria dos casos, é preciso comprar um carro de maior valor e mais novo, e pagar a diferença de valor entre os veículos.

Cuidados ao comprar um carro alienado

Se você pretende comprar um carro alienado, é importante saber que, antes de tudo, a instituição financeira deve autorizar a transação. Caso contrário, o vendedor pode ser processado pelo crime de estelionato.

Como verificar se o veículo está alienado?

Quando for comprar um carro, verifique junto ao documento, em Título de Propriedade, se está descrito “alienação fudiciária” ou “sem reservas”. Se estiver escrito alienação fiduciária é porque o carro está alieanado, mas caso esteja sem reservas, não há impedimento para a transferência.

Risco ao comprar um carro alienado

Lembre-se sempre que é preciso tomar alguns cuidados antes de comprar um carro usado. É muito importante, também, seguir os trâmites legais e contratuais de transferência. Ou seja, realizar todo o processo através do registro em cartório. Desta forma, você fica resguardado de não ter o seu nome no SPC ou envolvido em algum tipo de responsabilidade civil e criminal.

Em caso de compra e transferência da dívida, verifique junto à instituição financeira se todas as parcelas anteriores do carro alienado foram pagas em dia, para não ter que arcar com juros relativos aos atrasos.

É importante ressaltar que o veículo alienado já passou por outro dono, logo deve-se analisar se ele está em bom estado para que você realize uma compra de qualidade e segura. Antes de fechar o negócio é recomendado testar o veículo, verificando itens como a quilometragem, que deve estar compatível com o histórico do carro. Saiba se ele já foi batido, checando se há irregularidades na carroceria. Para descobrir se há desgastes que comprometam a sua segurança, o ideal é levá-lo até um funileiro de confiança.

Verifique a documentação do carro, analisando se o modelo descrito no documento corresponde ao mesmo, e conferindo o número do chassi. Consulte se o automóvel tem pendências financeiras, basta informar o número do Renavam no site do Detran. Peça uma cotação para alguma seguradora, pois elas têm um banco de dados, que pode informar se o veículo já sofreu um sinistro, entre outros problemas.

Uma dica importante: antes de comprar um carro, sempre que possível, faça um test drive e verifique as condições do veículo!

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...