Câmeras serão capazes de detectar motoristas usando celular

Os equipamentos inteligentes irão flagrar motoristas infratores e carregamentos suspeitos.

Além de ser proibido por lei, falar ao celular enquanto dirige é muito perigoso. E os motoristas que têm o costume de dirigir falando ao celular em breve serão fiscalizados por câmeras, além da polícia. Especializada em tecnologia computadorizada utilizada em drones e dispositivos de realidade virtual e fabricante de chips, a empresa Movidius, que em setembro deste ano foi comprada pela Intel, anunciou uma parceria com a fabricante de câmeras Hikvision para criar câmeras inteligentes capazes de identificar objetos e comportamentos.

Entre as principais funções, as câmeras serão capazes de perceber quando um motorista está usando o celular enquanto dirige, por exemplo. Essa combinação entre a unidade de processamento Myriad 2 Vision da Movidius e as soluções de Internet das Coisas oferecidas pela Hikvision irá permitir a criação de equipamentos capazes de detectar diversas anomalias, como a entrega de pacotes suspeitos e motoristas que dirigem de forma distraída ou levando conteúdo estranho no carro.

Câmeras detectam também se o motorista está usando cinto de segurança

O monitoramento do trânsito, aliás, é uma das principais utilidades que as câmeras inteligentes poderão oferecer. Além do uso do celular, elas poderão detectar quando o motorista está sem o cinto de segurança, perceber quando um intruso está em um local e notar a presença de carregamentos suspeitos. O Myriad 2, que é o processador da Movidius, foi desenvolvido especialmente para esse reconhecimento de imagens.

Veja como tirar fotos de 360º com o celular

“Avanços em inteligência artificial estão revolucionando a maneira como pensamentos em segurança pública e privada. A habilidade de processar automaticamente vídeo em tempo real para detectar anomalias vai ter um grande impacto na maneira como a infraestrutura de cidades é usada. Estamos felizes em nos unir à Hikvision para oferecer uma rede de câmeras mais inteligente para criar comunidades mais seguras, melhorar o trânsito urbano e aumentar a eficiência de negócios”, explicou Remi El-Quazzane, CEO da Movidius.

De acordo com a Movidius, suas câmeras fazem todo o processo de reconhecimento localmente. Outras tecnologias, como a da Microsoft, enviam as imagens para um servidor na nuvem que é responsável pelo reconhecimento das imagens. A empresa explica que o Myriad 2 é potente o suficiente para processar redes neurais profundas localmente, sem precisar da ajuda de um servidor externo. Por conta disso, as câmeras da empresa conseguem atingir 99% de precisão em tarefas como classificação de modelos de carros e detecção de cinto de segurança.

Toda essa tecnologia de visão de máquinas oferecida pela Movidius já atraiu a atenção de grandes empresas, como a Google. Juntas, elas trabalharam no Project Tango, que usa celulares para mapear áreas internas. As empresas negociam agora levar a tecnologia de reconhecimento facial local para o Android, sistema operacional para mobile da Google.

Foto: Reprodução Pexels

Relacionadas:
Vejas últimas notícias do Hintigo 
Onde comprar um drone e a média de preço
Os celulares mais roubados do Brasil

Continuar a ler

Na Web

você pode gostar também

Comentários

Loading...